A PRÁTICA DA FISIOTERAPIA E SEUS BENEFÍCIOS NA QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS.

Mateus de Souza Simões

Resumo


Introdução: A fisioterapia atua no tratamento e prevenção de doenças e lesões, dessa forma são utilizadas diversas técnicas em busca da melhora da qualidade de vida dos pacientes.1,2,3 A fisioterapia é potencialmente apropriada para o tratamento de idosos em várias situações que eles apresentem durante suas vidas.1 O presente estudo tem objetivo de revisar o que a literatura traz das técnicas utilizadas na busca da qualidade de vida em idosos, e o quão importante são nessa etapa. Metodologia: Consistiu na busca pelo cruzamento dos descritores: Fisioterapia, Qualidade de Vida e Idosos nos bancos de dados LILACS e SciELO, selecionando os artigos mais apropriados e relacionados ao estudo por meio da leitura dos títulos e dos resumos. Esses artigos escolhidos foram lidos completamente, possibilitando coletar informações presentes no desenvolvimento desse estudo. Resultados e Discussão: Com o decorrer dos anos, o envelhecimento passou a ser uma realidade na vida de grande parte da sociedade, estimando-se que daqui a 30 anos terá cerca de dois bilhões de pessoas com 60 anos ou mais no mundo.1,2,3 Com essa realidade a busca por tratamentos fisioterapêuticos será enorme, e já se vê investimentos de várias instituições que buscam melhorar a qualidade de vida do cidadão.1 Grande parte dos idosos precisam de algum tratamento, é nesse ponto que a fisioterapia é de suma importância na reabilitação desse paciente contando com um vasto número de técnicas disponíveis para atender a sua disfunção.1,2,3 Os estudos mostram a resposta positiva dos tratamentos realizados e a satisfação que os participantes expressam.3 É importante ressaltar que a busca por conhecimento e a disseminação de informações na sociedade sobre as patologias existentes é de suma importância para buscar um tratamento ideal e melhorar a compreensão das causas.3 Além disso a fisioterapia engloba uma grande importância na qualidade de vida dos idosos , e a percepção dos mesmos sobre sua efetividade colabora não somente para os trabalhos da área, mas para todos os profissionais da saúde e toda a população.1 Conclusão: Observar-se que os estudos retratam os efeitos e consequências positivas que o tratamento realizado através de técnicas fisioterapêuticas em idosos são necessárias. Na literatura pode se perceber através de relatos dos pacientes a grande satisfação de estar em tratamento e o quanto isso faz bem para a vida deles. Contudo, destaca-se que a Fisioterapia e seus meios de tratamento são a grande chave para uma boa qualidade de vida dos idosos.


Texto completo:

PDF

Referências


- BANZATTO, Sofia, et al. Análise da efetividade da fisioterapia através da psicomotricidade em idosos institucionalizados. Rev. Bras. Promoç. Saúde, Fortaleza, 28, 1, p.119-125, jan./mar., 2015. Disponível em: https://periodicos.unifor.br/RBPS/article/view/3263. Acesso em: 19/07/2020.

- JESUS, Ruan, et al. Análise de parâmetros cardiopulmonares após exercícios de facilitação neuromuscular proprioceptiva em idosas. Rev. Kairós Gerontologia , São Paulo, 18, 3, p.57-70, julho/setembro,2015. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/kairos/article/view/26208. Acesso em: 19/07/2020.

- SILVA, Luzia, et al. Fisioterapia na incontinência urinária: olhares sobre a qualidade de vida de mulheres idosas. Rev. Kairós Gerontologia , São Paulo, 20, 1, p. 221-238, 2017. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/kairos/article/view/33495. Acesso em: 19/07/2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.