O CONHECIMENTO DOS MORADORES DA COMUNIDADE SANTO AGOSTINHO, CÓRREGO JACUTINGA – ALTO JEQUITIBÁ/ MINAS GERAIS SOBRE O USO DE AGROTÓXICOS NA AGRICULTURA

Natália Lopes

Resumo


O uso de agrotóxicos na agricultura vem sendo difundido cada vez mais. Com o aumento da utilização indiscriminada desses produtos, passou a haver uma preocupação maior quanto ao conhecimento da população em relação ao uso correto desses produtos. Sendo assim, este estudo buscou analisar o conhecimento da população quanto ao uso e aplicação
desses produtos. Essa análise foi feita através da aplicação de questionários com perguntas claras e objetivas que buscavam conhecer como a população faz o uso dos agrotóxicos em suas culturas no dia a dia. A partir das respostas dadas pelos agricultores entrevistados,
observa-se que o descarte das embalagens não é feito corretamente e que não são usados equipamentos de proteção por parte dos aplicadores. Os entrevistados sabem que os agrotóxicos fazem mal à saúde e prejudicam o meio ambiente, mas não sabem dizer ao certo quais são esses danos. Conclui-se assim que o conhecimento dos agricultores é baixo quanto ao uso correto de agrotóxicos, sendo necessários trabalhos de conscientização para os mesmos.

Texto completo:

PDF

Referências


ALEXANDER, D.D. et al. Os linfomas

não-Hodgkin: uma revisão da literatura

epidemiológica. 2007.

ANDRADE, J.B. de; SARNO, P. Química

ambiental em ação: uma nova

abordagem para tópicos de química

relacionados com o ambiente. Instituto

de Química, Universidade Federal da

Bahia, 1990.

ANVISA. Programa de Análise de

Resíduos de Agrotóxicos em

Alimentos. Relatório de Atividades de

-2006. Disponível em:

residuos/rel_anual_2001-2006. pdf>.

Acesso em: 09/10/2013.

BOWLES, R.G.; WEBSTER, J.P.G.

Alguns problemas associados com a

análise dos custos e benefícios de

pesticidas. Crop Protection, 14(7), 1995.

BRASIL. Decreto Lei n° 4.074, de 4 de

janeiro de 2002.

http://www.sindag.com.br. Acesso em: out.

-10-14> Acesso em: 02/11/2013

BRASIL, Lei nº 7.802, de 11 de julho de

Artigo 6º, parágrafo 2º Disponível

em:

html> Acesso em: 10 dez. 2013

BULL D; HATHAWAY D. Pragas e

Venenos: Agrotóxicos No Brasil e no

Terceiro Mundo. Petrópolis:

Vozes/OXFAM/FASE, 1986.

COCCO, P. et al. Mortalidade por câncer

entre os homens expostos ao

diclorodifeniltricloroetano. 2005.

GARCIA, E.G., ALMEIDA, W.F.

Exposição dos trabalhadores rurais

aos agrotóxicos no Brasil. Revista Bras

Saúde Ocup, v. 19, n. 72, 1991.

IBAMA. Portaria normativa nº 84, de 15

de outubro de 1996. Disponível em:

ml/Portaria 84.pdf> Acesso em:

/11/2013

INPEV - Instituto Nacional de

Processamento de Embalagens Vazias.

Disponível em: .

Acesso em: 15 nov. 2013.

MACEDO, J.A.B. de. Introdução à

química ambiental: química & meio

ambiente & sociedade. 1. Ed. Juiz de

Fora, Jorge Macedo, 2002.

MOREIRA, J.C. et al. Avaliação

integrada do impacto do uso de

agrotóxicos sobre a saúde humana em

uma comunidade agrícola de Nova

Friburgo. Rio de Janeiro, 2002.

OIT. Agricultura e setores baseados em

recursos biológicos. Enciclopédia de

Saúde e Segurança do Trabalho, vol. III,

parte X, capítulo 64, 2001. Disponível em

>. Acesso em 18 out. 2013

OPAS/ OMS. Intoxicação por

agrotóxico: A importância da Vigilância

Epidemiológica. Disponível em:

quivos/Sala229.pdf>. Acesso em 18 set.

PASCHOAL A. Pragas, Praguicidas e a

Crise Ambiental: problemas e soluções.

Rio de Janeiro, Ed. FGV. 1979.

PASCHOARELLI, L.C.; MENEZES, M.S.

Design e Ergonomia: aspectos

tecnológicos. São Paulo, Cultura

Acadêmica, 2009.

PIGNATTI, W.A.; MACHADO, J.M.H.;

CABRAL, J.F. Acidente rural ampliado:

o caso das “chuvas” de agrotóxicos sobre

a cidade de Lucas do Rio Verde. Mato

Grosso, 2007.

PUKKALA, E. et al. Ocupação e câncer -

acompanhamento de 15 milhões de

pessoas em cinco países nórdicos. Acta

Oncol, 2009.

SOARES, W.L. Uso dos agrotóxicos e

seus impactos à saúde e ao ambiente:

uma avaliação integrada entre a

economia, a saúde pública, a ecologia e a

agricultura. Rio de Janeiro, Fundação

Oswaldo Cruz, 2010.

SOARES, W.L.; PORTO, M.F. Atividade

agrícola e externalidade ambiental: uma

análise a partir do uso de agrotóxicos no

cerrado brasileiro. 2007

http://www.mma.gov.br/seguranca

quimica/agrotoxicos acesso 14/10/2013>

Acesso em 15/10/2013

TERRA, F.H.B. A Indústria de

Agrotóxicos no Brasil. Dissertação de

Mestrado. Universidade Federal do

Paraná, Curitiba, 2008.

VAZ, P.A.B. O direito ambiental e os

agrotóxicos: responsabilidade civil, penal

e administrativa. Porto Alegre, Livraria do

Advogado, 2006.




DOI: https://doi.org/10.21576/rpa.2013v9i2.1098

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Natália Lopes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.