AS RAIZES DO BRASILEIRO — A CORDIALIDADE NA OBRA DE SÉRGIO BUARQUE DE HOLANDA

Amanda Dutra Hot

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo analisar o conceito de homem cordial, presente na obra Raízes do Brasil de Sérgio Buarque de Holanda. Pretende-se demonstrar como o conceito de homem cordial se desenvolveu e em que medida persiste na história da sociedade brasileira. Partindo da forma como a colonização do Brasil se deu e da consequente organização da política e da sociedade brasileira, impostas pelo nosso colonizador, demonstraremos que nossa atual configuração se deve a esta herança colonizadora.

Texto completo:

PDF

Referências


AVELINO FILHO, George. Cordialidade e Civilidade em Raízes do Brasil. In: Revista Brasileira de Ciências Sociais, n.12, v.5, fevereiro 1990.

BARBOSA, Francisco de Assis. Verdes Anos de Sergio Buarque de Holanda. Ensaio sobre sua formação intelectual até Raízes do Brasil. In: Sergio Buarque de Holanda. Vida e Obra. SP: secretaria de estado da Cultura, 1988.

DIAS, Maria Odila Leite da Silva (org.). Sergio Buarque de Holanda. Historia. SP: Editora Ática, 1985, p.10-25.

FREYRE, Gilberto. Casa-Grande e Senzala. SP: Global, 2004.

GOLDMAN, Elisa. A cultura personalista como herança colonial em Raízes do Brasil. Disponível em: http://www.educacaopublica.rj.gov.br/bibliotec a/historia/hist02c.htm/

HOLANDA, Sergio Buarque de. Visão do Paraíso: os motivos edênicos no descobrimento e colonização do Brasil. São Paulo: Cia Editora Nacional, 1977.

_____Raízes do Brasil. RJ:Jose Olympio Editora, 1982.

HOT, Amanda Dutra. Muito dinheiro e pouca nobreza: estratégias de ascensão social dos negociantes no Brasil Colonial (Séculos XVII e XVIII). In: II Encontro Memorial do ICHS - Nossas Letras na História da Educação, 2009, Mariana. Disponível em: http://www.ichs.ufop.br/memorial/trab2/11531. pdf.

IGLESIAS, Francisco. Sergio Buarque de Holanda. Historiador. RJ: Imago, 1992.

LE1TE, Miriam Moreira. A condição feminina no RJ do século XIX. SP: Hucitec; Brasilia: INL, 1984.

PRADO JR, Caio. Formação do Brasil para Contemporâneo. SP: Brasiliense, 1971.




DOI: https://doi.org/10.21576/rpa.2011v5i2.1104

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Amanda Dutra Hot

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.