QUESTAO HABITACIONAL EM MANHUAÇU E A GARANTIA DE DIREITOS DE CIDADANIA: UMA EQUAÇÃO POSSÍVEL?

Luciana Bosco e Silva, Ruteléia Cândida de Souza Silva, Roberto Vicente Silva de Abreu

Resumo


Ao longo da história, as mazelas e precariedades habitacionais sempre acometeram milhões de pessoas no Brasil. Essa realidade também se materializa em Manhuaçu-MG, cidade marcada por uma herança coronelista, num contexto de resignação e "naturalização" da pobreza, sobretudo, a partir da desorganização política dos segmentos mais vulnerabilizados. As discussões propostas neste artigo têm como objetivo justamente traçar algumas considerações em torno da qualidade das habitações e as localidades de maior incidência de carências habitacionais no município. Procura estabelecer conexões entre a crise habitacional e  processo de crescimento e urbanização da cidade, sobretudo, num contexto em que as ações e iniciativas adotadas têm assumido, em geral, um caráter meramente pontual ou sem bases sustentáveis necessárias à resolução deste problema. O que se observa é que tal situação requer a adoção de políticas públicas viabilizadoras de direitos sociais e de cidadania, promotoras de desenvolvimento social, econômico e ambiental da região.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério das Cidades. Secretaria Nacional de Habitação. Política Nacional de Habitação. Brasília, 5 nov. 2004.

Lei n° 10.257, de 10 de julho de 2001. Estatuto da Cidade. Brasília: Senado, 2001.

. Constituição da República

Federativa do Brasil. Promulgada em 5 de T)utubro 1988. 25. ed. São Paulo. Saraiva, 2000.

CASTRO, Josué de. Homens e

caranguejos. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo de 2010. Disponível em: http://www.ibge.gov. brlcidadesatltopwindow. h tm?1. Acesso em: 1 de Agosto de 2011.

POCHMANN. Márcio; AMORIM. Ricardo (Orgs.). Atlas da Exclusão Social no Brasil. 1. ed. São Paulo: Cortez, 2003. v. 1. 221 p.




DOI: https://doi.org/10.21576/rpa.2011v5i2.1111

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Luciana Bosco e Silva, Ruteléia Cândida de Souza Silva, Roberto Vicente Silva de Abreu

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.