RIO E PERTENCIMENTO EM PROCESSOS DE URBANIZAÇÃO: O CASO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM/ES

Jéssica Lacerda Bernardo, Lidiane Espindula

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar e compreender a evolução do vínculo entre homem, rio e cidade, levando em consideração a relevância histórica, paisagística, econômica e cultural dessa relação no decorrer dos séculos, até a ruptura nos tempos atuais, com a finalidade de compreender se é possível que cidades como Cachoeiro de Itapemirim/ES continuem se desenvolvendo ignorando essa ligação. Com base qualitativa a pesquisa é fundamentada em consulta bibliográfica e de pesquisas realizadas in loco, estudos de caso, análise de fotografias aéreas, juntamente a levantamentos fotográficos. Contatou-se que é de fato possível e necessário reestabelecer a relação de proximidade entre rio e cidade e que a relação de pertencimento se dá de forma em que as cidades pertençam aos rios e não o contrário como é exposto.


Palavras-chave


Urbanização; Curso d’ água; Revitalização Urbana; Planejamento Urbano

Texto completo:

PDF

Referências


ÁGUAS, Agência Nacional. Região Hidrográfica Amazônica. Disponível em: . Acesso em: 24 ago. 2017.

ALMEIDA, Lutiane Queiroz. Vulnerabilidades Socioambientais de Rios Urbanos. 2010. 311 f. Tese (Doutorado em Geografia). Universidade Estadual Paulista, São Paulo, 2010.

BRASIL. Lei Federal 12.651 de 25 de maio de 2012. Dispõe sobre a proteção nativa; altera as Leis nº 6.938, de 31 de agosto de 1981, 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e 11.428, de 22 de dezembro de 2006; revoga as Leis nº 4.771, de 15 de setembro de 1965, e 7.754, de 14 de abril de 1989, e a Medida Provisória nº 2.166-67, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 25 mai. 2012.

CACHOEIRO de Itapemirim. Edição Histórica. Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim, Secretaria de Desenvolvimento, Espírito Santo, [s.d.].

CACHOEIRO de Itapemirim. Lei Municipal 4.172 de 18 de março de 2006. Dispões sobre o desenvolvimento urbano no município de Cachoeiro Itapemirim, institui o Plano Diretor Urbano e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Legislativo, Cachoeiro de Itapemirim, ES, 18 mar. 1996.

CACHOEIRO de Itapemirim. Lei Municipal 5.890 de 31 de outubro de 2006. Institui o Plano Diretor Municipal e o Sistema de Planejamento e Gestão do Município de Cachoeiro de Itapemirim. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Legislativo, Cachoeiro de Itapemirim, ES, 31 out. 2006.

CACHOEIRO, de Itapemirim. Plano Diretor Local Integrado. Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim. Espírito Santo, 1974.

COSTA, Lucia Maria Sá Antunes Maria. Rios e Paisagens urbanas. Rio de Janeiro: Viana & Mosley, 2006.

DUARTE, Fábio. Rastros de um rio urbano: cidade comunicada, cidade percebida. Ambiente & Sociedade. São Paulo: PROCAM-USP, v. IX, n. 02, p. 105-122, 2006.

FABER, Marcos. A Importância dos Rios Para as Primeiras Civilizações. História Ilustrada, vol. 2, 2011. Disponível em: Acesso em: 24 ago. de 2017.

GORSKI, Maria Cecília Barbieri. Rios e cidades: Ruptura e Reconciliação. São Paulo: Senac, 2010.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em . Acesso em: 24 ago. 2017.

LYNCH, Kevin. A Imagem da Cidade. 3ª edição. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

MAPS, Google. Cachoeiro de Itapemirim. 2016. Disponível em:< https://www.google.com.br/maps/place/Cachoeiro+de+Itapemirim,+ES/@-20.852055,-41.1749925,13z/data=!3m1!4b1!4m5!3m4!1s0xb95d3d7ef7ecb9:0xa68aadb2a822a95!8m2!3d-20.8467047!4d-41.1202199?hl=pt-BR> Acesso em: 20 mar. 2016.

PASTRO, Milena Scaramussa. Estabelecimento de Diretrizes para um programa de manejo de nascentes na Bacia do Rio Itapemirim – ES. 2010. 54 f. Monografia (Graduação em Engenharia Florestal). Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.

PELEGRINO, Paulo Renato. Modelo de drenagem causa enchente em SP. Entrevista concedida ao programa Terra Tv, 2009. Disponível em:. Acesso em: 24 ago. 2017.

ROWE, Peter G. Os resultados e a História do Projeto de Restauração do Cheonggyecheon. Ed. 234. Arquitetura e Urbanismo, 2013. Disponível em: . Acesso em: 24 ago. 2017.

ROYSE, Flávia de Souza. Recuperação ambiental de rios urbanos: diretrizes para o Rio Botas na Baixada Fluminense. 2010. 289 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo). Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2010.




DOI: https://doi.org/10.21576/pa.2020v18i2.1166

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Jéssica Lacerda Bernardo, Lidiane Espindula

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.