PERSPECTIVA DOCENTE SOBRE A INCLUSÃO DE ALUNOS PORTADORES DO ESPECTRO AUTISMO

Klenicy Kazumy de Lima Yamaguchi, Rayene Monteiro Souza, Rubenita Minguim Silva

Resumo


O objetivo deste trabalho foi analisar as perspectivas docentes sobre as dificuldades e o processo de inclusão na integração dos alunos portadores do transtorno do espectro do autismo nas escolas públicas do município de Coari (Amazonas). A metodologia utilizada contou com o diagnóstico da quantidade de discentes atendidos nas escolas públicas e da aplicação de um questionário semiestruturado para analisar a perspectiva dos docentes sobre a inclusão desses alunos. Os resultados descritos nesse trabalho identificaram as principais dificuldades metodológicas dos professores, sendo a interação social um dos maiores obstáculos para a adaptação desses discentes nas escolas. Além disso, detectou-se lacunas na formação acadêmica dos professores e a ausência de diagnostico para crianças que apresentam caraterísticas dessa alteração. Esse trabalho abre a perspectiva para estudos mais detalhados sobre pesquisas educacionais inclusivas e contribui para a busca de um ensino igualitário no Brasil.


Palavras-chave


Educação especial, aprendizagem, autismo, inclusão

Texto completo:

PDF

Referências


Associação Americana de Psiquiatria. DSM-V-TR: Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais. Porto Alegre: Artmed, 2014.

BRASIL, Secretaria de Educação Especial. Saberes e Práticas da inclusão: dificuldades acentuadas de aprendizagem: autismo. 2. ed. SEESP/ MEC – Brasília: MEC, 2003. 64p. Disponível em: . Acesso em: 17 de setembro de 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial (SEESP). Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília. Brasília:2008. Acesso em: 17 de setembro de 2019.

BRITO, E. R. A inclusão do autista a partir da educação infantil: um estudo de caso em uma pré-escola e em uma escola pública no município de Sinop - Mato Grosso. Revista Eventos Pedagógicos. v.6, n.2 (15. ed.), p. 82-91, 2015.

FARIAS, M. Interação professor-aluno com autismo no contexto da educação inclusiva: análise do padrão de mediação do professor com base na teoria da experiência de aprendizagem mediada. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v.14, n.3, p.365-384, 2008.

FAVERO, M. A. B.; SANTOS, M. A. Autismo infantil e estresse familiar: uma revisão sistemática da literatura. Psicol. Reflex. Crit., vol.18, n.3, p.358-369, 2005. ISSN 0102-7972. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722005000300010.

FERREIRA, Bárbara C.; MENDES, Enicéia G.; ALMEIDA, Maria A.; DEL PRETTE, ZILDA, A. P. Parceria colaborativa: descrição de uma experiência entre o ensino regular e especial. Revista Educação Especial: revista da UFSM, Rio Grande do Sul, n. 29, 2007.

GATTINO, G. S.; MOSSLER, K.; SUVINI, F.; ODELL-MILLER, H.; WATTS, G. The good, bad and ugly: joys and challenges of being involved in international research with children with autism. Nordic Journal of Music Therapy, v. 25, p. 89-89, 2016.

GILLBERG, C. transtornos do espectro do autismo. 2005. Disponível em: Acesso em: 2 dez. 2018.

MANTOAN, Maria T. E. Inclusão escolar: O que é? Por quê? Como fazer?. São Paulo: Moderna, 2006.

MELO, J. Acessibilidade e autismo. 2010. Disponível em:. Acesso em: 24 junho de 2019.

MOREIRA, H.; MICHELS, L.; COLOSSI, N. inclusão educacional para pessoas portadoras de deficiência: um compromisso com ensino superior. Revista Escritos sobre Educação: Ibirité, v.5, n.1, p.19-25, 2006.

REIS, H. GUÉRIN, COSTA, C. BARROS DA, SANTOS, J., SOBRINHO, L. PATROCÍNIO, BARROS, M., SOUZA MORAIS, M., OLIVEIRA, N., SANTOS, A., & MARTINEZ, A. A inclusão do aluno autista na rede pública regular de ensino. Revista Pesquisa E Ação, vol. 4, n.3, 2018. Disponível em> https://revistas.brazcubas.br/index.php/pesquisa/article/view/535

RODRIGUES, I.; MOREIRA, L. E.; LERNER, R. Análise institucional do discurso de professores de alunos diagnosticados como autistas em inclusão escolar. Psicologia: Teoria e Prática, vol. 14, p. 70-83, 2012

SCHMIDT, C. Inclusão escolar e autismo: uma análise da percepção docente e práticas pedagógicas. Psicol. Teoria e Pratica, v. 18, n. 1, p.222-235, 2016. Disponível em . acessos em 24 set. 2019.

Teles, P. S.; Cruz, L. P. A prática esportiva como instrumento de inclusão: um estudo de caso sobre aprendizagem e desenvolvimento de aluno com transtorno do espectro autista (TEA). Teles, v. 11, n. 1, 2018.

VASQUES, C.K. Uma pequena Alexandria: Os paradoxos da inclusão e exclusão de saberes em uma biblioteca sobre a escolarização de alunos com Transtornos Globais do Desenvolvimento. Santa Catarina, UNISUL. 2010. Disponível em: www.anped.org.br.Acesso em: 20 de janeiro de 2019.




DOI: https://doi.org/10.21576/pa.2020v18i1.1188

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 klenicy kazumy de lima yamaguchi, Rayene Monteiro Souza, Rubenita Minguim Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.