ANÁLISE DA SÉRIE HISTÓRICA DOS AFASTAMENTOS DE TRABALHADORES POR QUADRO DE TRANSTORNOS MENTAIS E COMPORTAMENTAIS (2008-2017)

Pollyana Brandao Gomes, Maria Carlota Rezende

Resumo


Frente às pressões sobre a produção no trabalho, o sujeito passa a apresentar sintomas de um adoecimento mental e a desenvolver alguns transtornos mentais. Essa relação com a ocupação não é o único causador desse sofrimento e desgaste. Há também todo um contexto externo, ou seja, esfera biopsicossocial da qual o sujeito é parte integrante. A partir dessas constatações, faz-se necessário discutir sobre a categoria trabalho e os fatores adversos que podem afetar à subjetividade do trabalhador, identificando os elementos que interferem nessa relação. Este artigo descreve a pesquisa de campo que buscou representar os afastamentos por problemas mentais no conjunto dos afastamentos, de acordo com os CIDs descritos no site da previdência no período de 2008 a 2017. Os afastamentos, motivados por quadro de transtornos mentais e comportamentais com auxílio, foram analisados à luz dos fatores que contribuem para esse adoecimento relacionado ao trabalho. Por meio do método estatístico, o estudo mostra como os Transtornos Mentais vêm crescendo em relação a outras doenças, de acordo com banco de dados da Previdência Social do Ministério da Fazenda. A análise feita no banco de dados da do referido órgão apontou que os Transtornos Mentais e Comportamentais estudados se sobressaíram em relação às outras doenças, com o percentual de afastamentos por transtornos mentais, incluídos neste estudo, de 317%. Os dados revelam que que os transtornos mentais são uma condição recorrente na vida do trabalhador.


Palavras-chave


Previdência Social; Trabalho; Transtornos Mentais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21576/pa.2020v18i2.1643

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Pollyana Brandao Gomes, Maria Carlota Rezende

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.