RELATO DE EXPERIÊNCIA DA FORMAÇÃO DE UM GRUPO DE PROMOÇÃO DE SAÚDE NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

Gabriela Fernanda Schiochet, Veridiane Gemelli Christ, Naiara Lago Soares, Taynara de Souza Carneiro, Vera Lucia Leal Wosgerau, Manoelito Ferreira Silva Junior

Resumo


A Estratégia de Saúde da Família tem como principal foco as ações de prevenção e promoção à saúde. A formação de redes de apoio tem sido uma estratégia efetiva na interação entre os membros da comunidade para solucionar problemas de natureza individual e coletiva, considerando a necessidade e realidade local. O objetivo foi relatar a formação e efetivação de grupo de apoio para promoção da saúde na Estratégia de Saúde da Família. O estágio obrigatório extracurricular do curso de Odontologia da Universidade Estadual de Ponta Grossa tem como um dos seus objetivos a elaboração de projeto de intervenção conforme a necessidade local e governabilidade da equipe de saúde e dos acadêmicos envolvidos. Na Unidade de Saúde da Família Aurélio Grott, Ponta Grossa-PR, foi criado em setembro de 2018, um grupo de tabagismo conforme metodologia preconizada pelo Ministério da Saúde e executado com apoio do Núcleo Ampliado de Saúde da Família. Após o encerramento das cinco cartilhas semanais, houve a realização pelos acadêmicos de avaliação do grupo. Os participantes avaliaram como importante a manutenção do grupo, com atividades desenvolvidas com familiares e de forma quinzenal, no entanto, com outro sem enfoque na cessação do uso do tabaco. O nome do grupo foi discutido e ficou estabelecido como ``Mentes Saudáveis``. O objetivo do grupo é o crescimento e desenvolvimento saudável dos participantes e da comunidade. Após 18 meses, o grupo mantém-se ativo, mesmo com interrupção da participação dos acadêmicos no primeiro semestre, com grande adesão e ampla variação de faixa etária dos participantes. O grupo realiza palestras, dinâmicas e colabora com atividades dentro e fora da unidade. O grupo tem apoiado em ações de promoção de saúde, e favorecido o desenvolvimento individual e coletivo, promovendo saúde e qualidade de vida para os acadêmicos, profissionais de saúde e comunidade.


Palavras-chave


Grupos de Autoajuda; Promoção da Saúde; Atenção à Saúde; Estratégia Saúde da Família; Serviços de Integração Docente-Assistencial.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA N.; SOUZA, M. Curingas para minha auto-estima: uma nova consciência nas cidades. Curitiba: Gráfica Radial; 2001. 174 p.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal; 1988.

BRASIL. Lei nº 8.080, de 19 de Setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. Diário Oficial da União, 20 Set 1990.

BRASIL. Resolução Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Superior nº 3, de 19 de fev. 2002. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Odontologia. Diário Oficial da União, 04 Mar 2002.

BULGARELLI, A. F.; SOUZA, K. R.; BAUMGARTEN, A.; SOUZA, J. M.; ROSING, C. K.; TOASSI, R. F. C.; Formação em saúde com vivência no Sistema Único de Saúde (SUS): percepções de estudantes do curso de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Brasil. Interface: Comumicação, Saúde e Educação, v. 18, n. 49, p. 351-62, 2014.

CARDOSO, L. S.; CEZAR-VAZ, M. R.; COSTA, V. Z.; BONOW, C. A.; ALMEIDA, M. C. V. Promoção da saúde e participação comunitária em grupos locais organizados. Revista Brasileira de Enfermagem (REBEn), v. 66, n. 6, p. 928-934, 2013. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2020.

CHIESA, A. M.; NASCIMENTO, D. D. G.; BRACCIALLI, L. A. D.; OLIVEIRA, M. A. C.; CIAMPONE, M. H. T. A formação de profissionais da saúde: aprendizagem significativa à luz da promoção da saúde. Revista Cogitare Enfermagem, v.12, n. 2, p. 236-240, 2007.

DE MARCO, M. A. Do modelo biomédico ao modelo biopsicossocial: um projeto de educação permanente. Revista Brasileira de Educação Medica. v.30, n.1, p.60-72, 2006.

FAE, J. M. ; SILVA JUNIOR, M. F. ; CARVALHO, R. B. ; ESPOSTI, C. D. D.; PACHECO, K. T. S. A integração ensino-serviço em Odontologia no Brasil. Revista da Abeno, v. 16, n. 3, p. 7-18, 2016. Disponível em: . Acesso em: 19 mar. 2020.

FERREIRA, V. S.; BARRETO, R. L. M.; OLIVEIRA, E. K.; FERREIRA, P. R. F.; SANTOS, L. P. S.; MARQUES, V. E. A. et al. PET-Saúde: uma experiência prática de integração ensino-serviço-comunidade. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 36, n.1, p. 147-151, 2012.

IBC. Conheça a teoria dos 21 dias. 2018. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2020.

INCA. Tratamento do tabagismo. 2020. Disponível em: . Acesso em: 19 mar. 2020.

LIMA, M. Atuação pscicológica coletiva: uma trajetória profissional em unidade básica de saúde. Psicologia em Estudo, v. 10, n. 3, p. 431-440, 2005. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2020.

LUZ, M. C.; BALDANI M. H.; SILVA JUNIOR, M. F. Integração ensino-serviço-comunidade no curso de odontologia: experiências exitosas entre o município e a universidade. Archives of health investigation, v. 7, p. 84, 2018. . Acesso em: 20 mar. 2020.

MARTINS, K.; AMATUZZI, M. Experiências comunitárias: repensando a clínica psicológica no SUS. Psicologia & Sociedade, v. 14, n. 3, 2012. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000300020>. Acesso em: 18 mar. 2020.

MELO, M. C.; BOECKMANN, L. M. M.; COSTA, A. R. C.; MOURA, A. S.; GUILHEM, D. Aprendizagem baseada na problematização: utilizando o Arco de Maguerez na graduação de enfermagem. Revista Eletrônica Gestão & Saúde, v. 7, n. 1, p. 247-259. 2015. Disponível em:

MOTTA, L. C. D. S.; BATISTA, R. S. Estratégia Saúde da Família: Clínica e Crítica. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 39, n. 2, 2015. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2020.

PELISSARI, L. D.; BASTING, R. T.; FLÓRIO, F. M. Vivência da realidade: o rumo da saúde para a odontologia. Revista da Abeno, v. 5, n. 1, p. 32-9, 2004.

SANTOS, K. T.; PACHECO FILHO, A. C.; GARBIN, C. A. S. Educação em saúde bucal na visão de acadêmicos de Odontologia. Arquivos em Odontologia, v. 48, n. 2, p. 96-101, 2012. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2020.

SIGNIFICADOS. Significado de Terapia Holística. 2019. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2020.

SILVA-JUNIOR, M. F.; PACHECO, K. T. S.; CARVALHO, R. B. Multiplicidade de atuações do acadêmico de Odontologia no estágio curricular: relato de experiência. Arquivos em Odontologia, v. 51, n. 4, p. 194-204, 2015. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2020.

YOSHIMI, O.; RIBEIRO, E. L. Ações de saúde mental na atenção básica: caminho para ampliação da integralidade da atenção. Ciência e Saúde Coletiva, v. 14, n. 2, p. 477-486, 2009. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S141381232009000200016>. Acesso em: 18 mar. 2020.




DOI: https://doi.org/10.21576/pa.2020v18i3.1904

DOI (PDF): https://doi.org/10.21576/pa.v18i3.1904.g1516

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Gabriela Fernanda Schiochet, Veridiane Gemelli Christ, Naiara Lago Soares, Taynara de Souza Carneiro, Vera Lucia Leal Wosgerau, Manoelito Ferreira Silva Junior

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.