FLUOROSE DENTÁRIA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Lícia Karla Gomes dos Santos, Angela Maria Firmino da Silva, Izabel Cristina Leite Albuquerque, Rafaela Cavalcanti Amaral

Resumo


A fluorose pode aparecer em diferentes aspectos e pode ser classificada em: leve, quando a opacidade branca do esmalte é extensa; moderada, a superfície do esmalte apresenta desgastes acentuados e manchas marrons que alteram a anatomia do dente e, severa, quando a superfície do esmalte é muito afetada, afetando um formato geral do dente e as manchas marrons estão espalhadas por toda as partes. O presente artigo tem como objetivo analisar e sintetizar a literatura acerca da fluorose dentária. As bases de dados pesquisadas em junho de 2020 foram: National Library of Medicine (PubMed) e Scientific Electronic Library Online (SciELO). Após análise dos 8 artigos incluídos na revisão, os resultados dos estudos apontaram a relação da causa da fluorose e os seus fatores de riscos, sendo necessário o monitoramento dos teores de flúor na utilização de produtos fluoretados. A fluorose dentáriaestá relacionada com ingestão de fluoretos por meios tópicos e sistêmicos.

Texto completo:

PDF


DOI (PDF): https://doi.org/10.21576/pa.v20i1.1969.g2460

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Lícia Karla Gomes Dos Santos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.