ANÁLISE DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS DOS PROFESSORES DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO DA REGIÃO DO PIEMONTE DA DIAMANTINA - BAHIA

Osni Oliveira Noberto da Silva, Theresinha Guimarães Miranda, Miguel Angel Garcia Bordas

Resumo


O objetivo do presente artigo foi analisar as relações que os professores de Atendimento Educacional Especializado (AEE) têm com os diferentes sujeitos da escola que direta ou indiretamente influenciam seu trabalho. Os sujeitos da pesquisa foram 36 professores de AEE que aceitaram participar do estudo. Através da apresentação e análise dos dados coletados das entrevistas com os professores de Atendimento Educacional Especializado foi possível perceber que a relação com os outros sujeitos da escola que direta ou indiretamente influem seu trabalho é em geral positiva. O destaque fica por conta da relação com os alunos da Sala de Recursos Multifuncionais e seus familiares. Por outro lado, dos oito itens analisados, apenas no que diz respeito a relação com o(a) secretário(a) municipal de educação e o(a) coordenador(a) pedagógico(a) tiveram resposta na opção “ruim”, sendo estes também os itens com menores porcentagens de respostas na opção “excelente”.


Palavras-chave


Atendimento Educacional Especializado; Educação Especial; Salas de recursos multifuncionais.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRÃO, Ruhena Kelber; DUARTE, Marisol Maiche. O papel da afetividade no processo ensino e aprendizagem da criança com deficiência. Revista UNIABEU, v.10, n. 24, janeiro-abril de 2017.

ALBUQUERQUE, Ednea Rodrigues de. Prática Pedagógica inclusiva: um estudo de caso em escola com atendimento educacional especializado (AEE) em Jaboatão dos Guararapes-PE. 2014. 340 p. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Federal de Pernambuco. Recife.

BAZON, Fernanda Vilhena Mafra; MASINI, Elcie A. F. Salzano. A interface entre a família e escola no processo de inclusão de crianças com deficiência visual. Anais do VII Encontro da associação brasileira de pesquisadores em Educação Especial. Londrina – PR, 2011.

CORTELLA, Mario Sergio. A escola e o conhecimento: fundamentos epistemológicos e políticos. São Paulo, Cortez: Instituto Paulo Freire, 2006.

DUEK, Viviane Preichardt. Um olhar sobre a deficiência/diferença na escola inclusiva. Revista Educação Especial. Universidade Federal de Santa Maria. Nº 29, 2007.

FANTACINI, Renata Andrea Fernandes; DIAS, Tárcia Regina da Silveira. Professores do Atendimento Educacional Especializado e a Organização do Ensino para o Aluno com Deficiência Intelectual. Rev. bras. educ. espec., Marília, v. 21, n. 1, p. 57-74, Mar. 2015.

GUIMARÃES, Danielle Cristina Uilan; EVARISTO, Fabiana Lacerda; SILVA, Jakeline Santana. Concepção de pais e professores no processo inclusivo de alunos com autismo. Educação, v. 8, n. 1, p. 73-91, 2018.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HOLLERWEGER, Silvana; CATARINA, Mirtes Bampi Santa. A importância da família na aprendizagem da criança especial. Revista de Educação do Ideau. Vol. 9, nº 19, janeiro – junho. 2014.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA/IBGE. Cidades. Em: http://www.cidades.ibge.gov.br/v3/cidades/home-cidades. Acessado em 15 de janeiro de 2019

LEITE. Elisete de Andrade. Inclusão escolar e deficiência intelectual: um estudo sobre a relação família, escola e trajetória escolar. 180 p. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) Universidade de Taubaté. Taubaté – SP.

MAUCH, Carla; SANTANA, Wagner. Escola para todos: experiências de redes municipais na inclusão de alunos com deficiência, TEA, TGD e altas habilidades – Brasília: UNESCO, 2016. 100 p.

MENEZES, Rayssa Rafaela de Lima. Atendimento Educacional Especializado – AEE: Necessidade e funcionamento no município de Apodi/RN. 26 p. 2016. Trabalho de conclusão de curso (Licenciatura em Pedagogia) Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal – RN.

MORIN, E. Sens du travail, santé mentale et engagement organisationnel. Québec: Institut de Recherche Robert-Sauvé em Santé et em Sécurité du Travail, 2008.

NASCIMENTO, Rosangela Pereira do. Preparando professores para promover a inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais. Governo do Paraná, Londrina, 2009.

NOZU, Washington Cesar Shoiti; BRUNO, Marilda Moraes Garcia. Interface Educação Especial – Educação do campo: tempos, espaços e sujeitos. Anais da 38ª Reunião Educacional da ANPEd, São Luiz – MA, 2017.

OMOTE, Sadao; OLIVEIRA, Anna Augusta Sampaio de; BALEOTTI, Luciana Ramos; MARTINS, Sandra Eli Sartoreto de Oliveira. Mudança de atitudes sociais em relação à inclusão. Paidéia Cadernos de Psicologia e Educação, Ribeirão Preto, v.15, n.32, p. 387-398, 2005.

PALMA, Debora Teresa. Escolas do campo e atendimento educacional especializado em sala de recursos multifuncional. 2016. 142 p. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual Paulista Júlio De Mesquita Filho. Araraquara.

REIS, Vânia Alexandre dos Santos. O envolvimento da família na educação de crianças com necessidades educativas especiais. 159 p. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação). Escola Superior de Educação João de Deus. Lisboa.

SILVA, Suzana Sirlene da. Salas de recursos multifuncionais: contexto de inclusão escolar para os alunos público-alvo da Educação Especial? 2015. 177 p. Dissertação (Mestrado em Educação) Dissertação (Mestrado em Educação) Universidade Estadual Paulista Júlio De Mesquita Filho. Araraquara.

SOUZA, Naíde Caetano. Sala de recursos multifuncional e seu funcionamento no atendimento educacional especializado em uma escola de Rio Branco – Acre. 48 p. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar) Universidade de Brasília. Brasília – DF.

RIBEIRO, Larissa Oliveira Mesquita. A inclusão do aluno com deficiência visual em contexto escolar: afeto e práticas pedagógicas. Revista Educação, Artes e Inclusão, v. 13, n. 1, 2017.

DOHMS, Karina P.; LETTNIN, Carla; STOBÄUS, Claus Dieter; MOSQUERA, Juan José Mouriño. Mal/bem-estar docente em uma escola particular de Porto Alegre. Anais do XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino, Unicamp, 2012.

WALLON, Henry. Uma Concepção Dialética do Desenvolvimento Infantil. Petrópolis, RJ; Vozes, 1995.




DOI: https://doi.org/10.21576/pa.2021v19i1.2015

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Osni Oliveira Noberto da Silva, Theresinha Guimarães Miranda, Miguel Angel Garcia Bordas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.