A IDEIA DE LIBERDADE EM KANT

Júlia Mara Rodrigues Pimentel, Fernanda Franklin Seixas Arakaki

Resumo


Este artigo tem por escopo analisar o conceito de liberdade desenvolvido pelo filósofo alemão Immanuel Kant – considerado por muitos como o pai da filosofia moderna – como um dos elementos centrais da ideia de justiça, ao lado da igualdade. Para tanto, trabalhar-se-á, sob uma perspectiva crítica, tanto a ideia de liberdade como a noção de igualdade, ambas acasteladas por Kant. Ligadas à ideia de justiça, indesatáveis estão as ideias de liberdade e de igualdade. Destarte, para o filósofo, o exercício da liberdade   de cada um deve compatibilizar-se com o da liberdade de todos os demais segundo um princípio de igualdade.


Palavras-chave


liberdade; imperativo categórico; justiça.

Texto completo:

PDF

Referências


ARANHA, Maria Lúcia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando: introdução à filosofia. 2. ed. rev. São Paulo: Moderna, 2002.

¬¬¬___________________. Temas de Filosofia. 2. ed. rev. São Paulo: Moderna, 2001.

DEL VECCHIO, Giorgio. História da Filosofia do Direito. Trad. João Baptista da Silva. Belo Horizonte: Líder, 2006.

GOMES, Alexandre Travessoni. O fundamento da validade do Direito: Kant e Kelsen. Belo Horizonte: Mandamentos, 2000.

KANT, Immanuel. Crítica da razão pura. Trad. Manuela Pinto dos Santos e Alexandre Fradique Morujão. 3. ed. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 1997.

______________. Crítica da faculdade do juízo. Trad. Valerio Rohden e António Marques. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995.

_____________. Fundamentação da Metafísica dos Costumes. Trad. Paulo Quintela. Lisboa: Edições 70, 2007.

REALE, Giovanni; ANTISERI, Dario. História da Filosofia: do humanismo a Kant, v. 2. São Paulo: Paulus, 1990.

REALE, Miguel. Filosofia do direito. 19. ed. São Paulo: Saraiva,1999.

ROVIGHI, Sofia Vanni. História da Filosofia Moderna: da revolução científica a Hegel. Trad. Marcos Bagno e Silvana Cobucci Leite. 2. ed. São Paulo: Loyola, 2000.

RUSSELL, Bertrand. História da filosofia ocidental: livro quarto. 3. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1969.

SALGADO, Joaquim Carlos. A Idéia de Justiça em Kant: seu fundamento na liberdade e na igualdade. 2. ed. Belo Horizonte: UFMG, 1995.

SERRA, Antonio Truyol y. História da filosofia do direito e do estado. trad. Henrique Barrilaro Ruas. Lisboa: Instituto de Novas Profissões, 1990.

VAZ, Henrique C. de Lima. Escritos de Filosofia IV: introdução à ética filosófica 1. 2. ed. São Paulo: Loyola, 2002.

________________. Escritos de Filosofia V: introdução à ética filosófica 2. São Paulo: Loyola, 2000.




DOI: https://doi.org/10.21576/pa.2015v12i1.202

DOI (PDF): https://doi.org/10.21576/pa.v12i1.202.g177

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Júlia Mara Rodrigues Pimentel, Fernanda Franklin Seixas Arakaki

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.