PLANTÃO PSICOLÓGICO EM CONTEXTO HOSPITALAR: COMPARTILHANDO SABERES, DESMISTIFICANDO PRÁTICAS

Francisco Luan de Souza Carvalho, Mayara de Oliveira Ferreira, Maisse Leôncio Catunda, Francisco Elenilton Rodrigues do Nascimento

Resumo


Este artigo é um estudo teórico que tem por objetivo analisar o papel do plantão psicológico no contexto hospitalar, destacando a atuação profissional do psicólogo no projeto em questão. Para tanto, o trabalho possui natureza básica, de abordagem qualitativa, objetivo exploratório e descritivo constituído de revisão bibliográfica narrativa sobre a temática do plantão psicológico. Este é entendido como modalidade de clínica contemporânea diversificada e flexível de atendimento à população acolhendo suas demandas de urgência e sofrimento emocional, promovendo assistência terapêutica por meio da escuta, acolhimento, apoio, prevenção e cuidado à saúde. Apontamos a sua relevância no ambiente hospitalar com os usuários e os profissionais da política de saúde, sendo uma abordagem disponível às demandas do público que o busca.


Palavras-chave


Prática Psicológica; Hospital; Psicologia.

Texto completo:

PDF

Referências


BAPTISTA, M. N.; DIAS, R. R.; BAPTISTA, A. S. D. Psicologia Hospitalar: teoria, aplicações e casos clínicos. 3.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2018.

BEZERRA, E.; SILVA, M.; MONTEIRO, C. Sofrimento ético-político em um Serviço de Plantão Psicológico Centrado na Pessoa. In TASSINARI, M. A.; DURANGE, W. T.; Plantão e a Clínica da Urgência Psicológica. Curitiba: CRV, 2019. p. 94-106.

BRAGA, T. B. M.; MOSQUEIRA, S. M.; MORATO, H. T. P. Cartografia clínica em plantão psicológico: investigação interventiva num projeto de atenção psicológica em distrito policial. Temas psicol., Ribeirão Preto, v. 20, n. 2, p. 555-569, dez. 2012. Disponível em . Acesso em 24 ago. 2020.

BRUSCATO, W. L. et al. O cotidiano do psicólogo no hospital geral. In: Bruscato, W. L. Benedetti, C. Lopes, S. R. A. (org.). A prática da Psicologia Hospitalar na Santa Casa de São Paulo: novas páginas em uma antiga história. São Paulo: Casa do Psicólogo, p. 43-51, 2010.

CAUTELLA JUNIOR, W. Do inominável à produção de sentido: o plantão psicológico em um hospital geral como utensílio para a metaforização da crise pelo trágico. Tese (Doutorado- Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2012.

FALCÃO, E. B. M.; LINO, G. G. S. O paciente morre: eis a questão. In Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro. v. 28, n. 2, p. 106-118, ago. 2004. Disponível em . Acesso em 24 ago. 2020.

FIGUEIREDO, L. C. M.; SANTI, P. L. R. Psicologia. Uma (nova) introdução. 2ª. Ed. São Paulo, Educ, 2003.

Gondim, D. S. M. A intervenção da psicologia: tentativas de suicídio e urgência hospitalar. Revista Científica da FMC. v. 10 n. 2, p.12-16, dez, 2015. Disponível em . Acesso em 24 ago. 2020.

HOLANDA, T. C. M; SAMPAIO, P P. Psicoterapia Breve-focal: teoria, técnicas e casos clínicos. Fortaleza: Universidade de Fortaleza, 2012.

LEVY, A. Ciências clínicas e organizações sociais: sentido e crise do sentido. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

LISBOA, T. C. Breve História dos Hospitais. Disponível em: Acesso em 15. abr. 2020.

MAHFOUD, M. Introdução. Frutos Maduros do Plantão Psicológico. MAFOUD, Miguel (org). Plantão Psicológico: novos horizontes. São Paulo: editora CI, 2004.

MAHFOUD, M. A Vivência de um Desafio: plantão psicológico. In ROSENBERG, R. L. (Org.). Aconselhamento Psicológico Centrado na Pessoa. São Paulo: EPU, 1987.

MENDES, E. V. O cuidado das condições crônicas na atenção primária à saúde: o imperativo da consolidação da estratégia da saúde da família. Eugênio Vilaça Mendes. Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde, 2012. Disponível em Acesso em 24 ago. 2020.

MOTA, S. T.; GOTO, T. A. Plantão psicológico no CRAS em Poços de Caldas. Fractal: revista de psicologia. v. 21, n. 3, p. 521-530, set/dez, 2009. Disponível em . Acesso em 24 ago. 2020.

PALMIERI, T. H.; CURY, V. E. Plantão psicológico em Hospital Geral: um estudo fenomenológico. Psicologia: Reflexão e Crítica. v. 20, n. 3, Porto Alegre, 2007. Disponível em . Acesso em 24 ago. 2020.

PERCHES, T. H. P.; CURY, V. E.; Plantão Psicológico em Hospital Geral. In TASSINARI, M. A.; CORDEIRO, A, P, S; DURANGE, W. T.; Revisitando o Plantão Psicológico Centrado na Pessoa. Curitiba: CRV, 2013. p. 177-194.

REBOUCAS, M. S. S.; DUTRA, E. Plantão psicológico: uma prática clínica da contemporaneidade. Rev. abordagem gestalt., Goiânia, v. 16, n. 1, p. 19-28, jun. 2010. Disponível em . Acesso em 24 ago. 2020.

SCHMIDT, M.L.S. Plantão Psicológico, universidade pública e política de saúde mental. Estudos de Psicologia. Campinas, vol. 21, n. 3, p. 173-192, 2004. Disponível em . Acesso em 24 ago. 2020.

SIMONETTI, A. Manual de Psicologia Hospitalar. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2004.

SOUZA, B, N. Plantão Psicológico no CTI: acolhendo urgências. In TASSINARI, M. A.; CORDEIRO, A, P, S; DURANGE, W. T.; Revisitando o Plantão Psicológico Centrado na Pessoa. Curitiba: CRV, 2013. p. 195-210.

TASSINARI, M. A.; DURANGE, W. T.; Plantão e a Clínica da Urgência Psicológica. Curitiba: CRV, 2019.




DOI (PDF): https://doi.org/10.21576/pa.v20i1.2676.g2458

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Francisco Luan de Souza Carvalho, Mayara de Oliveira Ferreira, Maisse Leôncio Catunda, Francisco Elenilton Rodrigues do Nascimento

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.