DA OCUPAÇÃO DOS LUGARES SINTÁTICOS DE SUJEITO E OBJETO - RETROSPECTIVAS

Christiane Miranda Buthers

Resumo


Este artigo objetiva realizar uma retrospectiva dos aspectos semântico-sintáticos relacionados à ocupação dos lugares sintáticos de sujeito e objeto. Através da análise de textos de vários autores, objetiva-se chegar a uma constatação de que não apenas aspectos relacionados à sintaxe influenciam na localização e identificação do sujeito, como também fatores relacionados aos modos de enunciação desempenham um papel considerado fundamental. Conclui-se que é de extrema importância o poder da enunciação no trabalho de investigação linguística, tendo em vista que ela amplia as possibilidades do estabelecimento de uma gramática realmente diferenciada – que considere aspectos exteriores como constitutivos dos fatos gramaticais, pois a grande questão para a Linguística é onde colocar a exterioridade.


Texto completo:

PDF

Referências


ARNAULD, A. & Pierre Nicole. La logique ou l’art de penser. Paris: Charles Savreux, 1662.

BARBOSA J. S. Grammatica Philosophica da Língua Portugueza. 1822, pp. 362-364.

BENVENISTE, É. Problemas de linguística geral I. Trad. Maria da Glória Novak e Maria Luisa Neri, com revisão do prof. Isaac Nicolau Salum. 5ª ed. Campinas: Pontes, 2005. 387 p.

DIAS, L.F. A Sintaxe em novas dimensões. In: TOLDO, C.S. Questões de Linguística. UPF Editora: Passo Fundo, 2003.

_____.Énonciation et grammaire: le champ de production de grammaires dans lê Brésil contemporain. In: GUIMARÃES, E. (org). Un dialogue atlantique. Paris: ENS Editions, 2005.

_____.Textualidade e gramática: relações em construção. In: SCHONS, C. R. Questões de escrita. UPF Editora: Passo Fundo, 2005.

FILLMORE, C. J. Subjects, speakers and roles. In: DAVIDSON, D. & HARMAN, G. (org). Semantics of natural language. Dordrecht: D. Reidel Publishing Co., 1972. pp. 1-25.

GUIMARÃES, E. (org.) Un dialogue atlantique. Paris, ENS Edittion, 2005.

_____. The case for case. In: BACH, E. & HARMS, R. (ed.) Universals in linguistic theory. New York: Holt, Rinehart and Winston, 1968.

_____.The case for case reopened. In: COLE, P. & SADOCK, J. M. (ed.) Grammatical relations. London: Academic Press, 1977. pp. 59-81.

MILNER, J.C. La théorie des positions. In: Introduction à une science du langage. Paris: Éditions du Seuil, 1989. pp. 357-408.

OLIVEIRA, F. Grammatica da lingoagem portuguesa. 1536, p. 62.

PÊCHEUX, M. Sobre a (des)construção das teorias linguísticas. In: Línguas e instrumentos linguísticos. Campinas, n. 2, 1998. pp. 7-32.




DOI: https://doi.org/10.21576/rpa.2018v16i1.271

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 CHRISTIANE MIRANDA BUTHERS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.