HELPER: ANÁLISE DO FUNCIONAMENTO DE UM SISTEMA DE TICKET

Eduardo Lamarca de Oliveira Santos Pires, Luciana Rocha Cardoso, Ezequias Ferreira de Souza, Ludmila Furtado Breder, Andreia Almeida Mendes

Resumo


O artigo tem como objetivo detalhar o desenvolvimento do sistema Helper descrevendo as escolhas feitas no decorrer do crescimento deste sistema, bem como a linguagem de programação e as informações sobre diagramas UML, diagramas de classes e diagramas de casos de uso. Por meio desses diagramas, obtém-se noção do ambiente em que o sistema será desenvolvido e os conhecimentos mais detalhados de classes que serão criados. Com o intuito de analisar as dificuldades enfrentadas por uma empresa na hora de uma organização adequada em frente a determinado problema, foi escolhida a metodologia exploratória; buscando-se informações do que falta e o que pode melhorar na hora de um bom atendimento e na resolução de um problema. Assim, explica-se, neste artigo, como um sistema de ticket funciona, demonstrando suas vantagens e como ele pode, de modo ágil, auxiliar na resolução dos infortúnios gerados na empresa, gerando mais organização e comunicação entre as entidades como também oferecendo relatórios e informações que poderão ser utilizados para melhorias futuras nos atendimentos, minimizando, assim, o tempo gasto para resolver esses imprevistos e evitando trabalho desnecessário. Com todas as adversidades enfrentadas, comprovou-se que o sistema de ticket é uma boa solução para gerar um ambiente de trabalho mais produtivo.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M. R.; BRITO C. S.; RODRIGUES, H. D. I.; GOMES, É. V. B.; CARVALHO, A. K. P.; OLIVEIRA, B. D.; GALDINO, S. D. A. V.; SANTOS, F. E. R. Gestão da informação: revisão integrativa de literatura, Brasília. Revista Gestão & saúde, v.6, n.3, pp.2819-2850, 2015. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2021.

BASTISTA, R. L.; OLIVEIRA, A. F. Antecedentes da confiança do empregado na organização, Natal. SciELO, v.17, n.2, pp.247-254, 2012. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2021.

BLOG TECLÓGICA, Gestão da informação: entenda a importância e saiba como colocar em prática. 2017. Disponível em: . Acesso em: 1 jul. 2021.

CASARIL, M. Tudo o que você precisa saber sobre um sistema de tickets. Movidesk Blog, 2019. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2021.

FILHO, A. M. S. Ouvir o cliente e reconhecer o problema: ingredientes essenciais à gestão de projetos. Revista Espaço Acadêmico, v.11, n.125, pp. 35 – 40. Disponível em: . Acesso em: 2 jul. 2021.

HENRRIQUE, J. POO: o que é programação orientada a objetos?. Alura, 2019. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2021.

HEREDIA, L. R. Transformação de modelos de processos de negócio em BPMN para modelos de sistema utilizando casos de uso da UML. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. 2012. Disponível em: . Acesso em: 3 jul. 2021.

JUSTO, A. S. Gestão de projetos: o que é, principais conceitos e benefícios e como fazer em 5 passos. EUAX Blog 2018. Disponível em: . Acesso em: 01 jul. 2021.

LUCIDCHART. O que é um diagrama UML? s.d. Disponível em: . Acesso em: 3 jul. 2021.

NORO, G. B. A Gestão de Stakeholders em Gestão de Projetos. Revista de Gestão e Projetos, v.3, n.1, pp.127-158, 2012. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2021.

OLIVEIRA, R. D. Análise do uso da cor no Diagrama de Classes da Linguagem Unificada de Modelagem (UML). INFODESIGN: BRAZILIAN JOURNAL OF INFORMATION DESIGN. 2020, v.17, n.1, pp.116–130. Disponível em: . Acesso em: 4 jul. 2021.

PROJECT BUILDER. Gestão de Projeto: O que é e para que serve? 2021. Disponível em: . Acesso em: 2 jul. 2021.

RAMALHO, J. F. F. F. R. Sistema de e-Tickets para Serviços de Atendimento. Universidade de Évora. pp.1-62, 2018. Disponível em: . Acesso em: 04 jul. 2021.

RODRIGUES, J. Modelo Entidade Relacionamento (MER) e Diagrama Entidade-Relacionamento (DER). DEV Media. 2014. Disponível em: . Acesso em: 5 jul. 2021

SBARDELOTTO, B.; SEVERO, E. A.; GUIMARÃES, J. C. F.; CAPITANIO, R. P. R. Uma exploração bibliométrica das práticas de gestão de projetos e a vantagem competitiva sustentável. Revista Produção e Desenvolvimento, v.3, n.2 pp.52–64. Disponível em: . Acesso em: 2 jul. 2021

SOARES, J. L. P.; ROSA, M. V. C.; SILVA, F. A. UMA FERRAMENTA WEB PARA AUXILIAR O DESENVOLVIMENTO DE RELATÓRIOS EM PDF PARA SISTEMAS EM PHP. Colloquium Exactarum, v.3, n.2, on-line, 2013. Disponível em: . Acesso em: 24 jun. 2021

TYBEL, D. Orientações básicas na elaboração de um diagrama de classes. DEV Media. 2016. Disponível em: . Acesso em: 4 jul. 2021.

TORRES, R. F.; NEVES J. T. R. Gestão estratégica da informação: estudo de caso em uma prestadora de serviços de tecnologia da informação. DataGramaZero, v.9, n.1, pp.1-18, 2008 Disponível em: . Acesso em: 1 jul. 2021.

VENTURA, P. Entendendo o Diagrama de Classes da UML. Até o Momento. 2018. Disponível em: . Acesso em: 4 jul. 2021.

VITAL R. B. N.; VITAL T. M. Utilização da modelagem UML em um sistema de gerenciamento de uma franquia do setor de alimentação. Revista Teccen. 2015. v.8, n.2, pp.65-72. Disponível em: . Acesso em: 2 jul. 2021.




DOI (PDF): https://doi.org/10.21576/pa.v20i1.2757.g2455

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Eduardo Lamarca de Oliveira Santos Pires, Luciana Rocha Cardoso, Ezequias Ferreira de Souza, Ludmila Furtado Breder, Andreia Almeida Mendes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.