CONTABILIDADE DE CUSTOS: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO EM PERIÓDICOS BRASILEIROS

Florisvaldo Cunha Cavalcante Junior, Andre Lima Granja, Wellington Dantas de Sousa, Juliana Reis Bernardes

Resumo


O presente estudo se propôs a investigar com que frequência o tema Contabilidade de Custos tem sido publicado nos 10 principais periódicos brasileiros. Através de um estudo bibliométrico de caráter descritivo, foram selecionadas as 10 (dez) principais revistas científicas brasileiras na área de Contabilidade segundo a classificação conceitual da (CAPES) Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. A bibliometria é um tipo de pesquisa geralmente utilizada para se fazer um levantamento da quantidade e qualidade de artigos sobre um tema que é considerado relevante para uma determinada área. Partindo desse insight, os procedimentos utilizados na pesquisa permitiram evidenciar uma representatividade da temática Contabilidade de Custos de 10,73% frente ao total de artigos. Dentre os resultados da pesquisa, os achados mostram que 80% dos artigos publicados são estudos de caso e a área de Gestão Estratégica de Custos abrange um percentual de 40,91% dos totais de artigos. Os resultados relacionados denotam oportunidades para futuras pesquisas acerca do tema Contabilidade de Custos, como o aumento no número de revistas pesquisadas, a abrangência do período estudado e as pesquisas bibliométricas em Congressos nacionais de Ciências Contábeis.


Palavras-chave


Contabilidade de Custos; Ensino e Pesquisa em Contabilidade;

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, C. A. Evolução Histórica e questões atuais. Em Questão, Porto Alegre, v. 12, n. 1, p. 11-32, jan./jun. 2006.

ARAÚJO, R. F.; ALVARENGA, L. A. Bibliometria na Pesquisa Científica da Pós-Graduação Brasileira de 1987 a 2007. Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., ISSN 1518-2924, Florianópolis, v. 16, n. 31, p.51-70, 2011.

ATKINSON, A. A. et al. Contabilidade Gerencial. São Paulo: Atlas, 2000.

BEUREN, I. M. (Org.). Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade – Teoria e Prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

BEUREN, I. M. Evolução Histórica da Contabilidade de Custos. Contab. Vista & Revista. Belo Horizonte, v. 5, n. 1, p. 61-66, Fev. 1993.

BLACK, H. A., EDWARDS, J. D. The managerial end cost accountant’s handbook. Homewood, Dow Jones-RIrwin, 1979.

BORGES, G. F. et al. Ensino De Contabilidade: uma análise da produção científica nacional sob a perspectiva da bibliometria e sociometria. Anais...12° Congresso Usp. 26 e 27 julho de 2012.

BORNIA, A. C. Análise gerencial de custos. Porto Alegre: Bookman, 2002.

BRASIL. Decreto n°. 20.158, de 30.06.1931. Organiza o ensino comercial, regulamenta a profissão de contador e dá outras providências.

______ Decreto-lei n°. 7988, de 22.09.1945. Dispões sobre o ensino superior de Ciências Econômicas e de Ciências Contábeis e Atuariais.

______ Lei n°. 1401, de 31.07.1951. Inclui, no curso de Ciências Econômicas, a cadeira de História Econômica Geral e do Brasil, e desdobra o curso de Ciências Contábeis e Atuariais.

______ Ministério da Educação. Resolução CNE/CES no. 10/2004.

CARVALHO, A. A. et al. Análise de conteúdo e bibliométrica dos artigos publicados na revista oikos nos últimos 10 anos. Oikos: Revista Brasileira de Economia Doméstica, v. 23, n.2, p. 3-29, 2012.

CASTRO, E. K. de; REMOR, E. A. Aspectos Psicossociais e HIV/Aids: Um Estudo Bibliométrico (1992-2002) Comparativo dos Artigos Publicados entre Brasil e Espanha. Psicologia: Reflexão e Crítica, 17(2), pp.243-250, 2004.

CERVO, A. L. et al. Metodologia Científica. 6. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

CFC – Conselho Federal de Contabilidade. Profissionais e Organizações Ativos nos Conselhos Regionais de Contabilidade. Disponível em: . Acesso em 29 mar. 2013.

CHERMAN, B. C. Contabilidade de Custos: teoria e mais de 290 questões de concursos resolvidos. 2. ed. Rio de Janeiro: Ed. Ferreira, 2009.

CREPALDI, S. A. Curso Básico de Contabilidade de Custos. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

CUNHA, J. V. A. Doutores em ciências contábeis da FEA-USP: análise sob a óptica da teoria do capital humano. 2007. 261f. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, USP, São Paulo, 2007.

DURHAM, E. R. Educação superior, pública e privada. Anais... Seminário sobre Educação no Brasil organizado pelo centro de Estudos brasileiros e pelo departamento de estudos educacionais da Universidade de Oxford em 11 março de 2003.

EL HAJJ, Z. S. O Ensino Superior em Ciências Contábeis no Brasil (2000-2009). Anais... II Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis – AdCont, RJ, 2011.

FRANCO, A. de P. Ensino Superior no Brasil: Cenário, Avanços e Contradições. Jornal de políticas educacionais. n° 4 | julho–dezembro de 2008 | pp. 53–63.

FREITAS, D. P. S. et al. Contabilidade Ambiental: Um Estudo Bibliométrico Em Revistas Científicas Brasileiras. Revista Ambiente Contábil v. 4. n. 1, p. 72 – 88, jan./jun. 2012.

GALLON, A. L. et al. produção científica e perspectivas teóricas da área ambiental: Um levantamento a partir de artigos publicados em congressos e periódicos nacionais da área de contabilidade e administração. Anais... 4º Congressousp. - 26 e 27 de Julho de 2007.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

GUIMARÃES, A. S.; PIRES, V. Ensino Superior No Brasil: Mercado, Regulação e Estratégias. EccoS – Revista Científica, v. 8, n. 2, p. 427-447, jul./dez. 2006.

INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Evolução do Número de Cursos segundo a Região e a Unidade da Federação - Brasil - 1991 – 2007. Disponível em: Acesso em 30 mar. 2013.

LAWRENCE, W. B. Contabilidade de custos. Tradução: Prof João Carlos Hopp e E. Jacy

Monteiro. 4. ed. São Paulo: IBRASA, 1966.

LEITE FILHO, G. A. Padrões de Produtividade de Autores em Periódicos e Congressos na Área de Contabilidade no Brasil: um Estudo Bibliométrico. RAC, v. 12, n. 2, p. 533-554, Abr./Jun. 2008.

LOTKA, A. J. The frequency distribution of scientific productivity. Journal of the Washington Academy of Sciences, v. 16, n. 12, p. 317-323, June 1926.

MACIAS-CHAPULA, C. A. O papel da informetria e da cienciometria e sua perspectiva nacional e internacional. Ciência da Informação, v. 27, n. 2, p. 134-140, maio/ago. 1998.

MAHER, M. Contabilidade de custos: criando valor para a administração. Trad. José Evaristo Santos. São Paulo: Atlas, 2001.

MARION, J.C.; ROBLES JUNIOR, A. A busca da qualidade no ensino superior de contabilidade no brasil. Contabil Vista & Revista. v. 9, n.3, p. 13-24, set. 1998.

MARTINS, A. C. P. Ensino Superior no Brasil: Da Descoberta aos dias Atuais. Acta Cirúrgica Brasileira - Vol 17 (Suplemento 3) 2002.

MARTINS, E. Contabilidade de custos. 9. ed. - São Paulo: Atlas, 2003.

MENDONÇA NETO, O. R. et al. Estudo sobre as Publicações Científicas em Contabilidade: uma Análise de 1990 até 2003. In:ENANPAD, 28. 2004, Curitiba. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2004.

MUNIZ JR, J et al. Os principais trabalhos na teoria do conhecimento tácito: pesquisa bibliométrica 2000-2011. Disponível em: Acesso em 06 jun. 2013.

NEVES, C. E. B. Ensino Superior no Brasil: expansão, diversificação e inclusão (2012). Disponível em: http://www.ufrgs.br/geu/Artigos%202012/Clarissa%20Baeta%20Neves.pdf. Acesso em 14 mar. 2013.

OLIVEIRA, M. C. Análise dos Periódicos Brasileiros de Contabilidade. Revista Contabilidade & Finanças – USP. São Paulo. n. 29, p. 68-86, maio/ago, 2002.

PELEIAS, I. R. et al. Evolução do ensino da contabilidade no Brasil: uma análise histórica. Revista Contabilidade & Finanças, Edição 30 anos de Doutorado, Junho 2007, vol.18. p. 19-32.

PORTAL DO MEC. Resolução Cne/Ces 10, De 16 De Dezembro De 2004. Disponível em: Acesso em 29 mar. 2013.

PRICE, D. de S. O desenvolvimento da ciência: análise histórica, filosófica, sociológica e econômica. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1976.

PRITCHARD, A. Statistical bibliorgrahy or bibliometricas? Jornaul of documentation, v. 25, n. 4, p. 348-349, 1969.

REIS, A. de J. et al. A História da Contabilidade no Brasil. 13 f. Dissertação (Graduação em Ciências Contábeis). UNIFACS. São Paulo, 2007.

REISI, A. de J. et al. A História da Contabilidade no Brasil. Revistas Unifacs - Seminário Estudantil de Produção Acadêmica. v. 11, n. 1, 2007.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa Social: métodos e técnicas. 3. Ed. São Paulo: Atlas, 1999.

SANTOS, G. J.; MARION, J. C., Administração de custos na agropecuária, São Paulo:Atlas, 1993.

SHANK, J. K.; GOVINDARAJAN, V. A revolução dos custos: como reinventar e redefinir sua estratégia de custos para vencer em mercados crescentemente competitivos. 2. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

SILVA, C. Gestão Estratégica de Custos: O Custo Meta na Cadeia de Valor. Revista FAE, 2(2): 17-26, 1999.

SILVA, D. F. Formação do Egresso do Curso de Ciências Contábeis: estudo de caso de duas IES da cidade de goiânia. Disponível em: . Acesso em 27 mai. 2013.

VICECONTI, P. E. V.; NEVES, S. das. Contabilidade de Custos: enfoque direto e objetivo. 6. ed. rer. e ampl. São Paulo: Frase Editora, 2000.




DOI: https://doi.org/10.21576/rpa.2017v15i2.323

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 FLORISVALDO CUNHA CAVALCANTE JUNIOR, ANDRE LIMA GRANJA, WELLINGTON DANTAS DE SOUSA, JULIANA REIS BERNARDES

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.