A “CRISE PENITENCIÁRIA” E A APAC– A CONSTRUÇÃO MIDIÁTICA EM TORNO DE UMA “SOLUÇÃO”

João Vitor Freitas Duarte Abreu

Resumo


Este trabalho se propõe a compreender o método de gestão carcerária das Associações de Proteção e Assistência ao Condenado (APAC). Desde 2001, o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais através do Programa Novos Rumos vem apoiando institucionalmente a consolidação do método de gestão carcerária APAC e a criação de novas unidades no estado. Ao oferecer o cumprimento da pena de forma mais “humanizada”, mas sem perder o caráter punitivo da pena, essa instituição tem auto se afirmado como uma revolução no sistema penitenciário.
A partir da observação empírica em uma unidade APAC, e da analise dos veículos de notícias online, apresento como a mídia constrói uma narrativa que o método APAC de gestão carcerária é a “solução” diante da crise do sistema penitenciário

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21576/rpa.2018v16i2.523

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 João Vitor Freitas Duarte Abreu

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.