A IMPLANTAÇÃO DO E-SOCIAL SOB A ÓTICA DOS PROSSIONAIS DA ÁREA CONTÁBIL QUANTO A DIFICULDADE E FACILIDADES ENCONTRADAS DO NOVO PROJETO DE GESTÃO DE PESSOAS

Peterson Henrique Trindade Leite

Resumo


O objetivo geral deste estudo foi contextualizar sobre a nova era na gestão de pessoas, diante dos desafios e facilidades promovidas pelo eSocial e novas obrigações acessórias que demandam mapeamento de dados e planejamento estratégico trabalhista. Com intuito de analisar a preparação dos profissionais contábeis na implantação do eSocial, assim como o perfil de cada profissional. A metodologia utilizada foi uma pesquisa descritiva qualitativa com levantamento de dados por meio de questionário contendo 9 perguntas aplicado aos profissionais da área contábil. Onde verificou-se que 96% responderam que precisam de mais investimentos em treinamentos e capacitação e também mais da metade dos respondentes disseram estar pouco preparado, para a implantação do eSocial, por ser um projeto de extrema complexidade. Sendo assim conclui-se que os profissionais da área contábil em frente aos desafios e facilidades impostos pelo eSocial, estão pouco preparados para a implantação do projeto, por ser bastante complexo e de muita responsabilidade, sendo que, é preciso de mais investimentos em treinamentos e capacitação, pois, somente o manual de orientação não é o suficiente para operar. A pesquisa traz que, o eSocial irá simplificar bastante as obrigações acessórias, facilitando o envio de informações e também o seu compartilhamento, assim como irá diminuir significamente os documentos, pois, os procedimentos serão eletrônicos, mas segundo os dados dá pesquisa o profissional terá que ter mais controle sobre os dados enviados, sendo necessário se organizar, e planejar cada rotina e evento que será enviado para o ambiente. Porém os profissionais acreditam que o trabalho irá aumentar, devido a exigência de controle nos processos no envio de informações.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.