DIFERENÇA DA DISPONIBILIDADE DO COMPARTILHAMENTO DAS INFORMAÇÕES ENTRE AS GERAÇÕES: UMA ANÁLISE SOBRE ESSA PERSPECTIVA

Gabriela Emerick Pereira

Resumo


No contexto laboral contemporâneo há de se considerar um ambiente corporativo composto por indivíduos de diferentes grupos geracionais que carregam consigo características peculiares advindo da sua época de nascimento e vivência social. Essas diferenças geracionais se tornam desafiadoras, uma vez que exige uma cultura organizacional que busque harmonia entre os grupos e dessa forma alcance sinergia em prol dos objetivos estabelecidos. Outro ponto relevante na contemporaneidade dentro das organizações é o compartilhamento da informação e, decorrente desse, tem-se a construção do conhecimento que se tornou recurso imprescindível no cenário dos negócios. Delineado por esses parâmetros, buscou-se com este estudo identificar se há diferença entre as gerações na disponibilidade para o compartilhamento da informação. O desenho metodológico adotado compreende-se em um estudo descritivo, tendo como instrumento de coleta de dados um survey que, posteriormente, foi analisado por meio de uma estratégia quantitativa. Baseando-se nos resultados encontrados infere-se uma relação positiva das gerações em estudo com o compartilhamento da informação e uma semelhança no que tange às fontes mais recorrentes para partilha.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.