MEDIDAS DE ENFRENTAMENTO À PANDEMIA NA PERSPECTIVA DE GESTÃO DE PESSOAS

Thaís da Silva Amorim

Resumo


Mediante o cenário vivenciado pelo Brasil, da pandemia do novo coronavírus neste ano, o governo necessitou criar medidas de enfrentamento/combate ao vírus. Tendo por medida imediata o isolamento e fechamento das empresas com atividades não essenciais para a sobrevivência humana. Sendo assim, o presente estudo buscou analisar as medidas de enfrentamento da pandemia em relação a utilização de medidas legislativas trabalhistas e o processo de gestão de turnover na instituição de ensino superior. Utilizando da metodologia do tipo descritiva, com base na análise documental secundária fornecida pelo setor de recursos humanos da instituição, por meio de coleta de dados a entrevista semi-estruturado, de caráter qualitativo e quantitativo. Haja vista a preocupação com o humano dentro da organização de ensino, teve-se como conclusão a evidência de que a área administrativa da instituição, como medida de enfrentamento do covid-19 optou-se em maior número por reduzir o contrato de trabalho dos funcionários da área administrativa, fato justificado por não haver atendimento presencial ao público externo no período da pandemia. Em relação ao corpo docente foi mantido o vínculo trabalhista sem redução e/ou suspensão do contrato, para este grupo, a medida adotada pela instituição foi a ministração de aulas virtuais/remotas. Ressalta-se que o número de contratos que sofreram redução e/ou suspensão, corresponderam apenas a vinte e quatro por cento do total de funcionários da instituição, demonstrando assim a eficiência e a responsabilidade da instituição em manter o seu quadro de funcionários no período da pandemia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.