MARKETING DE SERVIÇO; UM ESTUDO DE CASO DO SALÃO DO WILSON

Luciene Soares Araujo da Silva

Resumo


O estudo foi empreendido no Salão do Willian cabeleireiro unissex, micro-empreendedor individual que conta com apenas um funcionário, Willian, que exerce as funções de administrador, atendente, e prestador de serviços. Esta atuando no mercado de beleza desde o ano 2000, e conta atualmente com uma clientela fiel e advogada da marca. Este trabalho visa à construção do perfil consumidor dos frequentadores do Salão do Willian, verificar os meios de comunicação empregados e quantificar o nível de satisfação dos clientes. Para tal usou-se a aplicação de questionários com perguntas abertas e fechadas; com indagações sobre o serviço, o local, o ambiente, o profissional, e sugestões que os clientes desejam de diferente e/ou novo. Os resultados apurados apontam o predomínio de clientes homens, na faixa etária de jovem-adultos, de renda salarial concentrada entre 1 a 6 salários mínimos; em sua maioria foram indicados para o serviço, experimentaram e divulgaram para mais pessoas. Temos um quadro favorável com clientes advogados dos serviços prestados, mas o salão não tem outra forma de marketing sem ser o boca-a-boca, a implementação de pequenas ações de marketing como cartões de visitas e flyer, já introduziram novas dinâmicas positivas para atingir-se um numero maior de pessoas pela cidade – ser também um ponto de lembrança e associação com o serviço – e clientes experimentais do serviço.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.