A INFLUÊNCIA DA PUBLICIDADE INFANTIL TELEVISIVA NA SAÚDE DAS CRIANÇAS NO MUNICÍPIO DE MANHUMIRIM (MG)

Yago Mateus da Silva Mansur

Resumo


Objetivou-se com esse estudo analisar a interferência da publicidade infantil exibida nos canais de TV na alimentação e, consequentemente, na saúde das crianças da cidade de Manhumirim-MG. Para isso, foi necessário compreender os diversos fatores que poderiam contribuir para os problemas de saúde desse público. Portanto, foi realizada uma pesquisa explicativa, através da técnica de levantamento. Foram aplicados questionários, método quantitativo, em que os pais com filhos entre 3 e 12 anos responderam perguntas relacionadas a si próprios e também aos filhos. Os resultados mostraram que os pais não estão tendo muito tempo para ficar com seus filhos e assim os orientarem em relação aos conteúdos veiculados pela mídia. Outro fator de destaque é o tempo que essas crianças passam em frente à televisão, uma média diária de 1 a 4 horas. Analisou-se também o poder de decisão de compra que os pais possuem e que, em algumas ocasiões, é deixado de lado para satisfazer a vontade dos filhos. Os dados mostraram que os pais não estão deixando seus filhos mais brincarem nas ruas, o principal motivo apontado pela pesquisa é a falta de segurança. Assim, eles preferem que suas crianças passem seus momentos de lazer dentro de casa assistindo televisão ou usando brinquedos eletrônicos. Os resultados concluíram que não se pode atribuir somente às propagandas toda a responsabilidade pelos problemas de saúde hoje enfrentados pelas crianças. A rotina sedentária que elas levam e a participação dos pais na educação alimentar dos filhos também são relevantes nesse aspecto.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.