ANÁLISE DE HOMICÍDIOS TEOCRÁTICOS

Ronaldo do Rosário Longo, Nicolas de Souza Santos, Marcone Terra Belonato de Souza, Andréia Almeida Mendes, Fernanda Franklin Seixas, Carlos André Peluso Santos

Resumo


A literatura trouxe diversas contribuições para o mundo jurídico, uma vez que as histórias narradas se assemelham à realidade fática, levando o ser humano a refletir sobre o crime em diversos aspectos. Diante disso, o objetivo deste estudo está em demonstrar como os aspectos relacionados aos homicídios teocráticos, nos discursos literários, podem servir como base para os estudos criminais contemporâneos. Para isso, utilizou-se como metodologia, uma análise bibliográfica da História de Caim e Abel, relatada em Gêneses, capítulo 4, versículos 1 ao 16, extraída da Bíblia. A história entre os irmãos que resultou em um homicídio qualificado passional, caracterizado como o primeiro crime relatado na história humana, remete a situações comuns vivenciadas nos dias atuais. Portanto, entender como os seres humanos lidam com as adversidades como inveja, ambição e morte, é fator fundamental para o estudo de Direito.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.