AS RELAÇÕES ENTRE MORTE E RELIGIÃO PRESENTES EM “A TERCEIRA MARGEM DO RIO” DE GUIMARÃES ROSA

Gustavo Tavares Cezar, Alice Eller de Andrade Sathler, Lídia Maria Nazaré Alves

Resumo


O presente artigo busca analisar o conto rosiano, “a terceira margem do rio”, com a finalidade de entender o significado do título, à luz do seu enredo. Para isso, estabelecemos uma relação dialógica entre literatura e religião. Nossa hipótese é que a terceira margem do rio seja uma alegoria  da morte e da vida que lhe é posterior, a partir da análise do texto que aponta para peculiaridades religiosas do noroeste de Minas Gerais, presentes na temática rosiana, em geral e especificamente no conto. Além desta, abordamos o sentido da morte nas sociedades gregas, romanas, judaico-cristãs e comunidades indígenas do Brasil, no geral.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, C. A. B. de; CARDOSO, D. S. Um mergulho discursivo sobre A terceira margem do rio, de Guimarães Rosa. Bakhtiniana, Rev. Estud. Discurso, São Paulo, v. 10, n. 1, p. 28-41, abr. 2015. Disponível em Acesso em 29 de setembro de 2019.

ARRUDA, R.S.V. Rikbaktsá – Povos Indígenas no Brasil. Disponível em: . Povos Indígenas no Brasil, 2018. Acesso em 15 de Outubro de 2019

Bíblia de Estudo de Genebra. A oração dominical. 2. ed. Tradução de João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2009.

Censo 2010: número de católicos cai e aumenta o de evangélicos, espíritas e sem religião. Disponível em: < https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/14244-asi-censo-2010-numero-de-catolicos-cai-e-aumenta-o-de-evangelicos-espiritas-e-sem-religiao> Acesso em 11 de outubro de 2019.

Credo Apostólico. Disponível em: .

Monergismo. Acesso em: 15 de outubro de 2019

HUGH-JONES, S; CABALZAR, A. Tukano – Povos Indígenas no Brasil. Disponível em: https://pib.socioambiental.org/pt/Povo:Tukano. Povos Indígenas no Brasil, 2018. Acesso em 15 de Outubro de 2019

LEERS, B. Catolicismo Popular e Mundo Rural. Petrópolis: Vozes, 1977.

LEONEL, J. Religião e linguagem literária: contribuições da literatura para a interpretação de textos religiosos. Reflexão, Campinas, 41(1): p. 47-59, jan./jun., 2016. Disponível em: Acesso em 29 de setembro de 2019.

MAGALHÃES, A. Deus no espelho das palavras: teologia e literatura em diálogo. São Paulo: Paulinas, 2000.

Rosa, J. G. “A terceira margem do rio”. In______. Ficção completa: volume II Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994, p. 409-413.

SANTOS, S. F. Ritos Funerários na Grécia Antiga: Um Espaço Feminino. In: I Congresso Internacional de Religião, Mito e Magia no Mundo Antigo, Rio de Janeiro, 2010. Fórum de Debates em História Antiga. RJ: UERJ, 2010. v.1. p. 111-111. Disponível em: . Acesso em: 14 de outubro de 2019.

Silva. F. O. Sincretismo religioso nos festejo do catolicismo norte-mineiro. Uma abordagem. In XXVII Simpósio Nacional de História Anpuh. Natal, 2013 Disponível em: Acesso em: 15 de outubro de 2019.

VILELA, A. C. A. Kuarup - o ritual fúnebre que expressa a riqueza cultural do Xingu. Disponível em: Fundação Nacional do Índio – FUNAI, 1969. Acesso em 15 de Outubro de 2019


Apontamentos

  • Não há apontamentos.