DERMATOFIBROSARCOMA PROTUBERANS: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Marcela Campos Martins, Derley Thiago Silva Ribeiro, Yan Heringer, Ruston da Matta Louback Filho, Gustavo Henrique de Melo da Silva, Diulle Braga Oliveira

Resumo


O dermatofibrosarcoma protuberans (DFSP) tumor de pele com malignidade intermediaria apresenta como principal associação o seu potencial de alto crescimento e de grande taxa de reincidiva mesmo após sua exérese excisional. O objetivo deste artigo é uma revisão bibliográfica sobre dermatofibrosarcoma protuberans e sua abordagem terapêutica. O dermatofibrossarcoma protuberante é um tumor de evolução rápida, no entanto, sem apresentação de rica sintomatologia podendo complicar por metástases regionais em pulmão, cérebro e ossos e com altas taxas de reincidivas.Alguns estudos epidemiológicos têm descrito uma taxa média de incidência anual entre 0,8 a 4,5 de casos por um milhão de indivíduos.Ademais, apresenta distribuição igual entre os sexos e relacionado comumente a localização em cicatrizes passadas de imunizações prévias


Texto completo:

PDF PDF

Referências


Azulay, Rubem David Dermatologia / Rubem David Azulay, David Rubem Azulay, Luna Azulay-Abulafia. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2017.

Beech DJ, Long AB, Long WP. Dermatofibrosarcoma protuberans and breast cancer: genetic link or coincidental association? Am Surg. 2004;70(6):543–545.

Cappelina, C. Dermatofibrosarcoma protuberans: série de 27 casos consecutivos. Revista brasileira de cirurgia plástica. Disponível em: http://www.rbcp.org.br/details/1740/dermatofibrosarcoma-protuberans--serie-de-27-casos-consecutivos. Acesso em: 23 de junho de 2019.

Diniz, Michelle dos Santos; RAMOS, Daniel Gontijo; NUNES, Mauricio Buzelin. Dermatofibrossarcoma protuberans: localização não usual e a importância da cirurgia micrográfica de Mohs. 2012. Disponível em: . Acesso em: 23 julho. 2019.

Gimenes GA, Fozati DJM, Barbo MLP, Gonella HA. Dermatofibrossarcoma protuberans gigante de couro cabeludo: relato de caso. Rev Bras Cir Plast. 2009;24(2):249-51

Hoffman E. Uber das knollentreibende fibrosarkom de haut. Dermatol Z. 1925;43:1–28.

Gloster JR, Hugh Morris. Dermatofibrosarcoma protuberans. Journal of the American Academy of Dermatology, v. 35, n. 3, p. 355-374, 1996. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0190962296905976. Acesso em: 21 de junho de 2019

Macedo JLS, Barbosa GS, Rosa SC. Dermatofibrossarcoma protuberante. Rev. Bras. Cir. Plást.2008;23(2):138-143

Rivitti, Evandro A. Dermatologia de Sampaio e Rivitti/ Evandro A. Rivitti- São Paulo: Artes Médicas, 2018.

Rutgers, E. J. et al. Dermatofibrosarcoma protuberans: treatment and prognosis. European journal of surgical oncology: the journal of the European Society of Surgical Oncology and the British Association of Surgical Oncology, v. 18, n. 3, p. 241-248, 1992. Disponível em: https://europepmc.org/abstract/med/1607035. Acesso em:21 de junho de 2019

Smola MG, Soyer HP, Scharnagl E. Surgical treatment of dermatofibrosarcoma protuberans: a retrospective study of 20 cases with review of literature. Eur J Surg Oncol. 1991;17(5):447-53.

Stojadinovic A, Karpoff HM, Antonescu C, et al. Dermatofibrosarcoma protuberans of the head and neck. Ann Surg Oncol. 2000;7(9):696–704.

Taylor, Herbert B.; HELWIG, Elson B. Dermatofibrosarcoma protuberans. A study of 115 cases. Cancer, v. 15, n. 4, p. 717-725, 1962. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/1097-0142(196207/08)15:4%3C717::AID-CNCR2820150405%3E3.0.CO;2-2. Acesso em: 21 de junho de 2019


Apontamentos

  • Não há apontamentos.