UM ESTUDO DA APLICAÇÃO DO CPC 27 NAS EMPRESAS DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS LISTADAS NA BOVESPA

Vivian da Silva Souza, Farana de Oliveira Mariano, Mônica de Oliveira Costa, Fabricio Afonso de Souza, Cicero José de Oliveira Guerra, Reginaldo Adriano de Souza, Silvana Cristina dos Santos

Resumo


O presente trabalho tratou-se de um estudo realizado com empresas listadas na BOVESPA do setor de máquinas e equipamentos industriais, com o objetivo de verificar como essas empresas estão aplicando o CPC 27, e como têm sido apresentadas e divulgadas essas informações.  Essa análise contribui para um melhor entendimento sobre as práticas adotadas buscando entender os procedimentos que devem ser adotados em relação à depreciação de seus ativos e a sua divulgação para que os resultados estejam o mais perto possível da realidade.  Observou-se que as mudanças ocorridas após a introdução da Lei 11.638/07 vieram a igualar o Brasil com os padrões internacionais de contabilidade, o que trouxe maior transparência às informações. A pesquisa foi realizada a partir de dados extraídos das demonstrações contábeis anuais da amostra proposta, e principalmente sobre suas notas explicativas no período entre 2008 a 2014. Verificou-se que dentro dessa amostra, a maioria das empresas está aplicando o CPC 27, principalmente na questão de depreciar seus ativos separadamente quando seu custo for significativo, além de apresentarem as informações básicas referentes a depreciação ainda no começo da vigência da lei.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.