GOVERNANÇA CORPORATIVA: UM ESTUDO SOBRE O NÍVEL DE CONHECIMENTO DOS EGRESSOS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA FACIG

Lauriane Côrtes Gomes, Fabrício Afonso de de Souza, Cícero José Oliveira Guerra, Farana de Oliveira Mariano, Mônica de Oliveira Costa

Resumo


Criada inicialmente para superar o problema do conflito de agência, decorrente da separação entre propriedade e gestão de uma empresa, a governança corporativa se espalhou pelo mundo e sua prática se tornou uma forma das empresas se destacarem no mercado e atrair investidores. A contabilidade e sua função de gerar informações é uma importante ferramenta na prática da boa governança corporativa e na aplicação de seus princípios básicos. Porém, é preciso que as informações contábeis sejam úteis, assertivas, confiáveis e possuam características como relevância, representação fidedigna, comparabilidade, verificabilidade, tempestividade e compreensibilidade, conforme preconizam as normas contábeis. Diante disso, a presente pesquisa buscou identificar o nível de conhecimento dos egressos do curso de Ciências Contábeis da Faculdade de Ciências Gerencias de Manhuaçu – FACIG para produzir informações que atendam aos princípios básicos de governança corporativa. Elaborou-se um questionário para coletar os dados necessários para concluir a pesquisa. Após o processamento desses dados foi possível concluir que os profissionais pesquisados não se sentem preparados para produzir informações que atendam aos princípios da governança corporativa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.