SITUAÇÃO DO SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO: O CASO DO BAIRRO PINHEIRO EM MANHUAÇU/MG

Aline Machado Barbosa Franklin, Evelin Louback Pitzer, Edna Candida Vale, Robélia Lourenço Dias, Leonardo Sobreira Castro

Resumo


Em Manhuaçu, cidade com cerca de 80 mil habitantes, possui no perímetro urbano da Sede um bairro denominado Pinheiro, que difere do contexto da cidade, por reunir membros da sociedade cuja classe social alta se tornou privilegiada pela localização. Devido ao deslocamento diário dos moradores ser realizado prioritariamente por veículos próprios particulares, a disponibilidade do serviço de transporte coletivo é restrito, dificultando o acesso pelos prestadores de serviço que atuam diariamente no bairro. O presente artigo tem como objetivo principal analisar os problemas e possíveis soluções quanto a oferta das linhas existentes que levam ao acesso para o bairro quer seja por moradores ou trabalhadores. A partir de visitas in loco no bairro e consulta de dados sobre rotas da prestadora do serviço de transporte público. Conclui se que as rotas que levam ao acesso do bairro, são ineficientes e que há necessidade de se incluir rotas de transporte público que passem pelo interior do bairro, uma vez que diferentes usuários serão favorecidos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.