USO CONTÍNUO DE ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS EM IDOSOS E A INSUFIÊNCIA RENAL AGUDA

Ailton Moreira, Renata Azevedo, Filipe Fernandes, Roberta Mendes von Randow, Reubes Valério da Gama Filho

Resumo


Os anti-inflamatórios são mundialmente os medicamentos mais receitados, devido sua atividade de sanar problemas como dor e febre. Este estudo objetivou analisar os possíveis prejuízos causados pelo uso continuo de anti-inflamatórios não esteroidais (AINE’s), que são os mais consumidos de forma geral, pela população idosa, que devido sua fisiologia necessitam de maior cuidado no uso de drogas. Trata-se de uma revisão narrativa de artigos publicados em revistas especializadas. A pesquisa mostra um real comprometimento da estrutura e função renal, causada pelo uso continuo e inadequado desses medicamentos. Os resultados demonstraram como e porque os AINE’s desenvolvem quadros de insuficiência renal aguda, que se não tratados evolui para danos severos sobre os rins e demais órgãos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.