AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DE FOSSAS SÉPTICAS BIODIGESTORAS

Sthefany Cristine da Silva Campos, Fernanda Costa Ferreira Fernandes, Adriano Carlos Soares, Leopoldo Concepción Loreto Charmelo, Marco Antônio Zopelar Almeida

Resumo


Uma das alternativas de tratamento de esgoto para as comunidades rurais são as Fossas Sépticas Biodigestoras (FSB), constituindo-se de um sistema anaeróbico barato e eficaz. Porém devido à grande variabilidade da constituição final do esgoto bruto é necessário a caracterização do mesmo, utilizando-se determinações físicas, químicas e biológicas, cujos resultados permitem conhecer o seu grau de poluição e, consequentemente, dimensionar e medir a eficiência das FSB, quanto à remoção de matéria orgânica e patógenos. Este trabalho visou caracterizar os afluentes e efluentes de quatro sistemas de FSB, avaliando o funcionamento assim como a eficiência dos sistemas de fossas estudados e correlacionando aos padrões de lançamento de efluente em corpos de água, levando em consideração a Resolução n° 357 - CONAMA de março de 2005, utilizando como base parâmetros resultantes para os testes de temperatura, pH, sólidos totais, coliformes totais e termotolerantes. Através dos resultados, concluiu-se que os quatros sistemas de FSB se mostraram eficientes quando relacionados aos parâmetros analisados.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.