DIÁRIO DIGITAL COMO DESAFIO PARA OS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DA REDE ESTADUAL

Juliana Silva Santiago, Andréia Almeida Mendes, Natália Tomich Paiva Miranda

Resumo


As Tecnologias da informação e comunicação estão presentes em todos os lugares e, recentemente, chegou às escolas da rede pública de ensino, na forma de Diário Escolar Digital. Sendo assim, o presente artigo tem como objetivo analisar os desafios enfrentados pelos profissionais de educação de uma escola da rede estadual de uma cidade mineira, quanto ao manuseio do Diário Digital. A metodologia utilizada foi a pesquisa de campo, envolvendo a aplicação de um questionário contendo sete perguntas. Somente os profissionais da educação presentes na reunião de módulo, da referida escola, participaram da pesquisa. Quanto ao preparo para o manuseio do diário digital, a maioria dos profissionais pesquisados disse ter capacidade satisfatória (n=14), mas um número significativo (n=12) disse ter preparo insatisfatório. Os participantes (n=12) da pesquisa relataram ter dificuldades para instalar o aplicativo no celular. Os profissionais sugerem que, para melhor acessar o sistema e ter maior agilidade das atividades no diário, seria necessário que a internet fosse disponível em toda a área escolar, assim também como que esta deveria ter melhor qualidade. Conclui-se que o diário digital é uma ferramenta tecnológica inovadora. Entretanto, é necessário um melhoramento das suas ferramentas, assim como um preparo satisfatório deste dos profissionais da educação.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Resolução CNE/CP 1, de 18 de fevereiro de 2002. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores/as da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 9 abril 2002. Disponível em: . Acesso em: 25

set. 2017.

BECHKER, H. A. Observation by informants in institutional research. Quality & Quantity, v. 6, p. 157-169, 1972.

BONILLA, Maria Helena Silveira. Escola Aprendente desafios e possibilidades postos no contexto da sociedade do conhecimento. Tese apresentada ao programa de pós-graduação da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia. 2009.

BRASIL. Orientações curriculares para o ensino médio: linguagens, códigos e suas tecnologias. Brasília: MEC/ Secretaria de Educação Básica, v. 1, 2006.

CASTRO, Alcinete Santos et al. A implantação do diário digital nas escolas públicas estaduais de Manaus (AM). Universidade Federal de Juiz de Fora. Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação - Programa de pós-graduação profissional em gestão e avaliação da educação pública, 2016.

DONNA, Greice Grecco Barbosa; REIS, Helaine Barroso dos. A informática na EPT: mecanismo socioinclusivo e qualificação profissional para alunos do proeja. Instituo Federal do Espírito Santo, 2011.

FANTIN, Monica, RIVOLTELLA, Pier Cesare. Cultura digital e formação de professores: usos da mídia, práticas culturais e desafios educativos. In: FANTIN, Monica; RIVOLTELLA, Pier Cesare. (Org.). Cultura digital e escolas: pesquisa e formação de professores. Campinas: Papirus, p. 95- 146, 2012.

FANTIN, Mônica. A escola e a cultura digital: os usos dos meios e os consumos culturais de professores. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO. 2009.

FANTIN, Monica; RIVOLTELLA, Pier Cesare. Interfaces da docência (des) conectada: usos das mídias e consumos culturais de professores. REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 2010, 33: p.1-16.

GIDDENS, Anthony. Questões sociológicas: perguntas e resposta. In: Sociologia. 6. ed. Porto Alegre: Penso, 2012.

LARA, Rafael. Impressões digitais entre professores e estudantes: um estudo sobre o uso das TIC na formação inicial de professores nas universidades públicas de Santa Catarina. 2011.154 f.

Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de PósGraduação em Educação. Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, SC. 2011.

MACHADO, I. H.; RANGUETTI, P. A. Tecnologias digitais: um portal para novas interações. In: IX Congresso Nacional de Educação - EDUCERE, Anais... Londrina, 2009

PRODONOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar. Metodologia do trabalho científico: Métodos e Técnicas de Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo. Editora Feevale, p.14, 2013.

RAMAL, Andréa Cecília. Educação na Cibercultura: hipertextualidade, leitura, escrita e aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2002.

SEE - SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO. Diário Escolar Digital. 2017. Disponível em: http://hotsitediarioescolardigital.educacao.mg.gov.br/. Acesso:13.jul.2017

SOUZA, Eloísio Moulin; Metodologias e analíticas qualitativas em pesquisa organizacional, uma abordagem teórico conceitual. 1° Edição. Vitória. Editora Edufes, 2014.

TJORA, A. H. Writing small discoveries: an exploration of fresh observers’ observations. Qualitative Research, London, v. 6, n. 4, p. 429-451, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.