INCIDÊNCIA DE DIABETES EM PACIENTES EM TRATAMENTO DIALÍTICO DA RENALCLIN DE MANHUAÇU - MG

Tony Carlos Rodrigues Junior, Kennet Anderson dos Santos Alvarenga, Clarice Maria Fonseca Leal, Débora Nagem Machado, Thaís Ferreira Perígolo, Amanda Dutra Hot, José Antônio Januário Neves

Resumo


A nefropatia diabética é uma das principais patologias relacionadas à cronicidade renal. Pacientes com diabetes mellitus possuem elevada probabilidade de desenvolver  um comprometimento renal. Destacamos a alimentação  e o envolvimento com esta como um dos principais pontos de se evitar a progressão da doença. Foram coletados dados adquiridos pela Renalclin e entrevista com os pacientes da instituição onde se notou um quantitativo de 61 pacientes diabéticos dos quais escolhemos aleatoriamente 42 para estudo aprofundando. Para coleta desses dados foi feito um questionário modelo em que se abordavam questões como nome, idade, sexo, ocupação profissional, localidade entre outras. Chegamos à conclusão que a maioria é de Manhuaçu e cidades próximas, aposentados, apresenta também hipertensão arterial sistêmica como doença adquirida que foi influenciada pela nefropatia, tem a diabetes a mais de  10  anos, frequentam nutricionista da unidade. O artigo visou traçar o perfil dos nefropatas assistidos pela Renalclin, elencando as principais incidências que podem determinar fatores de risco que podem ser prevenidos. Os dados adquiridos foram expressos em tabelas seguidas de uma discussão sucinta embasada na literatura levantada confirmando o exposto.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, J. C. D. et. al. Papel dos lipídeos da dieta na nefropatia diabética. Arquivo da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 53, n. 5, p. 634-645, 2009. Disponível em:

Acesso em: 22 abr. 2015;

ALVES, C. M. P. et. al. Nefropatia diabética: avaliação dos fatores de risco para seu desenvolvimento.

Revista Brasileira de Clinica Médica, v. 9, n.2, p. 97-100, 2011. Disponível em:

Acesso em: 22 abr. 2015;

ANTERO, D. C. et. al.Nefropatia Diabética nas Unidades de Diálise da Região Sul de Santa Catarina: perfil clínico-epidemiológico. Arquivos catarinenses de Medicina, v. 37, n. 1, p. 70-75, 2008. Disponível em: Acesso em: 22 abr. 2015;

BERTUCCI, J. L. D. O. Metodologia básica para elaboração de trabalhos de conclusão de cursos. São Paulo: Editora Atlas, 2014, p.45-66.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988.Brasília, 1988. Disponível em:

. Acesso em 22 abr. 2015;

BRASIL. Presidência da Republica. Casa Civil. LEI Nº 8.080, DE 19 DE SETEMBRO DE 1990.Brasília, 1990. Disponível em:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8080.htm Acesso em 22 abr. 2015;

DURCO, E. S. Protocolo de tratamento do paciente adulto jovem com diabetes mellitus tipo 2. In:Trabalho de conclusão de curso de Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família, do Núcleo de Educação em Saúde Coletiva da Universidade federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009. Disponível em: Acesso em 27 abr. 2015;

FRAGUAS, G. et. al. A família no cuidado ao portador da nefropatia diabética. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, v. 12, n. 2, p. 271-277, 2008. Disponível em:

Acesso em 09 abr. 2015;

FRANCISCO, P. M. S. B. et. al. Diabetes auto-referido em idosos: prevalência, fatores associados e práticas de controle. Cadernos de Saúde Pública, v. 26, n. 1, p. 175-184, 2010. Disponível em:

Acesso em: 22 abr. 2015;

GUIMARÃES, J. et. al. Nefropatia diabética: taxa de filtração glomerular calculada e estimada. Centro Editor Livreiro da Ordem dos Médicos de Portugal, v. 20, n. 2, p. 145-150, 2007. Disponível em:

Acesso em: 22 abr. 2015;

HALL, J. E. et. al. Tratado de fisiologia Médica, 12ª edição. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011, p. 421- 424;

KUSUMOTA, L. et. al. Idosos com insuficiência Renal Crônica: alterações do estado de saúde. Revista Latino-americana de Enfermagem, v. 12, n. 3, p. 525-532, 2004. Disponível em: Acesso em: 22 abr. 2015;

MELLO, V. D. F. et. al. Papel da dieta como fator de risco e progressão da Nefropatia Diabética. Arquivo da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 49, n.4, p. 485-494, 2005. Disponível em: Acesso em: 09 abr. 2015;

MURUSSI, M. et. al. Nefropatia Diabética no diabetes melito tipo 2: Fatores de risco e prevenção. Arquivo da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 47, n. 3, p. 207-219, 2003. Disponível em: . Acesso em: 09 abr. 2015;

MURUSSI, M. et. al. Detecção precoce da Nefropatia Diabética. Arquivo da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 52, n. 3, p. 442-451, 2008. Disponível em:

Acesso em: 09 abr. 2015;

OLIVEIRA, F. C. et. al. Autocuidado do nefropatia diabético. Revista brasileira de enfermagem, v. 63, n.6, p. 946-949, 2010. Disponível em:

Acesso em: 22 abr. 2015;

ZANATTA, C. M. et. al. Papel do sistema Endotelina na nefropatia Diabética. Arquivo da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 52, n. 4, p. 581-588, 2008. Disponível em:

Acesso em 22 abr. 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.