O ESTRESSE OCUPACIONAL DA GERÊNCIA DE ENFERMAGEM NO CENTRO CIRÚRGICO: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Aleandra da Silva Roque, Cinthia Mara de Oliveira Lobato Schuengue, Gisele dos Santos Rocha

Resumo


Trata-se de uma pesquisa bibliográfica que teve com objetivo analisar artigos científicos publicados no período de 2000 a 2014 que tratam sobre OS fatores que contribuem para o estresse dos gerentes de enfermagem em um centro cirúrgico disponibilizados nos bancos de dados LILACS e MEDLINE. Os dados foram coletados durante o mês de Janeiro de 2016 e a amostra abrangeu 20 publicações. Tem como objetivo analisar publicações cientifica que abordem os fatores que contribuem para o estresse entre os gerentes de enfermagem no centro cirúrgico. Conclui-se que os gerentes de enfermagem vivenciam o estresse relacionado com fatores de natureza como a sobrecarga de trabalho, a falta de planejamento das atividades, dos recursos humanos e dos materiais e equipamentos e o viver em um ambiente fechado.

Texto completo:

PDF

Referências


BARTOLOMEI, S. R. T.; LACERDA, R. A. Trabalho do enfermeiro no Centro de Material e seu lugar no processo de cuidar pela enfermagem. Revista da escola de enfermagem. USP. São Paulo (SP), p.412-417, 2006. Disponível em:

CABANELAS, S. et. al. Estresse ocupacional em profissionais de saúde: um estudo com enfermeiros portugueses. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 2009.

CAMELO, S. H. H.; ANGERAMI, E. L. S. Sintomas de estresse em trabalhadores de cinco núcleos de Saúde da Família. Rev. Latino-Am. Enfermagem. Jan./Feb. 2008, vol.12, no.1, -21. Disponível em: . ISSN 0104-1169.

CAREGNATO, R. C. A.; LAUTERT, L. O estresse da equipe multiprofissional na Sala de Cirurgia.

Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 58, n.5, p. 545-50, 2005.

CARVALHO, A. V. de; SERAFIM, O. C. G. Administração de recursos humanos. Rev. Latino-Am. Enfermagem. São Paulo: Ed. Pioneira, 2012.

FIGUEIREDO, N. M. A.; LEITE, J. L.; MACHADO, W. C. A. Centro cirúrgico: atuação, intervenção e cuidados de enfermagem. São Caetano do Sul, SP: Yendis, 2006.

JEX, D.V. et. al. Enfermagem em setor fechado:estresse ocupacional. REME Revista Mineira de Enfermagem, Belo Horizonte, v. 10, n. 109, 2007.

LANZONI, G.M.M.; MEIRELLES, B.H.S. Leadership of the Nurse: an Integrative Literature Review.

Revista. Latino-Americana. Enfermagem. Ribeirão Preto, n. 19 v.3, p. 651-658. May-Jun. 2011.

MEIRELLES, N. F.; ZEITOUNE, R. C. G. Satisfação no trabalho e fatores de estresse da equipe de enfermagem de um centro cirúrgico oncológico. Revista de Enfermagem Escola Anna Nery, Rio de Janeiro, v. 7, n. 1, p. 78-88, 2003.

NUNES, M.; JUCA, V. J; VALENTIM, C.P.B. Ações de saúde mental no Programa Saúde da Família: confluências e dissonâncias das práticas com os princípios das reformas psiquiátrica e sanitária. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 2007. Disponivel em: .

OLER, F. G; JESUS, A. F.; BARBOZA, D. B; DOMINGOS, N. A. M. Qualidade de vida da equipe de enfermagem do centro cirúrgico. Arquivo de Ciência e Saúde, São José do Rio Preto, v. 12, n. 2, p. 102-110, 2005.

PASSOS, J. B.; SILVA, E. L.; CARVALHO, M. M. C. Estresse no centro cirúrgico: uma realidade dos profissionais de enfermagem. Revista de Pesquisa em Saúde, São Luis, v. 11, n. 2, p. 35-8, 2010.

ROGERS, P. P. et al. Water crisis: myth or reality? London: Fundación Marcelino Botín, Taylor & Francis, Rev. Assoc. Med. Bras. 2008.

ROSSI, A.M; PERREWÉ, P.L.; SAUTER, S. L. (Org.). Stress e qualidade de vida no trabalho. São Paulo, Atlas, 2007.

SANTOS, R. M. A.; BERESIN, R. Quality of life of nurses in the operating room. Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, Brasil, v. 7, n. 2, p. 152-8, 2009.

SCHMIDT, D.R.C. et al. Estresse ocupacional entre profissionais de enfermagem dobloco cirúrgico.

Texto & Contexto Enfermagem, Florianópolis,jun, 2009. Disponível em:

SCHMIDT, D.R.C; DANTAS, R.A.S; MARZIALE, M.H.P; LAUS, A.M. Estresse ocupacional entre profissionais de enfermagem do bloco cirúrgico. Texto Contexto Enferm. 2009.

SEMENIUK, A. P.; DURMAN, S.; MATOS, F. G. O. A. Saúde mental da equipe de enfermagem de centro cirúrgico frente à morte. Revista SOBECC, São Paulo, v. 17, n. 4, p. 48-56, 2012.

SILVA, M. A.; GALVÃO, C. M.; Aplicação da liderança situacional na enfermagem de centro cirúrgico. Revista escola de enfermagem da USP. São Paulo (SP), v.41, n.4, p.104-112, 2007. Disponível em:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0080->

SILVA, P. P., POPOV, D. C. S. Estresse da equipe de enfermagem no centro cirúrgico. Revista de Enfermagem UNISA, São Paulo, v. 11, n. 2, p. 12530, 2010.

STUMM, E. Miladi F.; MAÇALAI, R. T.; KIRCHNER, R. . Dificuldades enfrentadas por enfermeiros em um centro cirúrgico. Texto contexto Enfermagem. Florianópolis (SC), 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.