AVALIAÇÂO DO ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO DE UMA EQUIPE DE SAÚDE BUCAL DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: UM ESTUDO REFERENCIAL DE GESTÃO

Soraia Ferreira Caetano de Carvalho

Resumo


O presente trabalho trata da avaliação do serviço odontológico de uma equipe de saúde bucal da Estratégia da Saúde da Família do município de Simonésia no estado de Minas Gerais. Foram utilizados dados das fichas clínicas, agenda odontológica, mapas diários do Sistema de informações da Atenção Básica- SIAB e do e-SUS do Ministério da Saúde. O estudo identificou as faixas etárias atendidas de fevereiro a dezembro de 2015, indicadores de primeira consulta, procedimentos mais frequentes, número de pacientes faltosos e principais motivos que impediram o alcance das metas pactuadas pelo município. Apesar da organização do serviço, dentro das diretrizes da Estratégia Saúde da Família, o município apresenta resultados que requerem reavaliação da metodologia de trabalho e da infraestrutura de suporte às ações preventivas de saúde bucal.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, J.W.R de. Adequação do trabalho do cirurgião dentista frente às diretrizes da Estratégia Saúde da Família. Trabalho de conclusão de curso apresentado a Universidade Federal de Minas Gerais. Teófilo Otoni, MG. 2010.

BRASIL. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Dados populacionais 2017. Disponível em https://www.ibge.gov.br/. Acesso em 12.set.2017

BRASIL. Ministério da Saúde. Critérios e parâmetros para o planejamento e programações de ações e serviços no âmbito do sistema único de saúde. Brasília, 2015. Disponível em file:///C:/Users/COOODONTOLOGIA/Downloads/ParametrosSUS.pdf . Acesso em 12.out.2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. e-SUS atenção Básica. Disponível em http://dab.saude.gov.br/portaldab/esus.php. Acesso em 05.jan.2016.

BRASIL. Ministério da Saúde. Departamento de Atenção Básica. Histórico de cobertura saúde da família. Brasília, 2000. Disponível em: Acesso em 20/10/2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Departamento da Atenção Básica. Programa Nacional da Melhoria da Qualidade da atenção básica. Disponível em www.saude.gov.br. Acesso em 05.jul.2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Departamento da Atenção Básica. Programa Brasil Sorridente. Brasília, 2004. Disponível em http://www.brasil.gov.br/saude/2013/10/brasil-sorridente acesso em 25.julh.2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria 1631 de 01.out.2015. disponível em file:///C:/Users/COOODONTOLOGIA/Downloads/PT-PAR--METROS%20(1).pdf . Acesso em 12.out.2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Projetos e programas. Saúde da Família, 2000. Disponível em www.saude.gov.br. Acesso em 05.jul.2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Sistema de Informação da Atenção básica. Disponível em http://dab.saude.gov.br/portaldab/siab.php. Acesso em 05.ago..2015.

CARVALHO, S.F.C de. O papel da instância estadual na ampliação da atenção primária à saúde: a avaliação do Programa Saúde em Casa do estado de Minas Gerais. Dissertação Mestrado. 61 p. Universidade Federal Fluminense. Apresentação 15. Julh. 2010.

SILVEIRA FILHO, A.D. A saúde bucal no PSF: o desafio de mudar a prática. 2002. Disponível em http://w2.fop.unicamp.br/dos/saudecoletiva/downloads/A_SB_no_PSF.pdf . Acesso em 15.set. 2017


Apontamentos

  • Não há apontamentos.