PERFIL DO ÍNDICE DE MASSA CORPORAL DE ALUNOS DE DIFERENTES CURSOS DE GRADUAÇÃO

Clarice Maria Fonseca Leal, Flávio Cunha de Faria, Juliana Santiago Silva, Ana Carolina Dondoni Favero, Humberto Tostes de Faria Sucasas, Heytor dos Santos Flora, Emanuele Gama Dutra Costa

Resumo


Segundo a Organização Mundial de Saúde, a obesidade terá seus níveis aumentados no mundo todo. No Brasil, a prevalência deste fator está se elevando principalmente entre os jovens. O presente trabalho objetiva levantar dados prévios, através de um questionário com questões estruturadas, sobre o índice de massa corporal (IMC) dos alunos de diferentes cursos da Faculdade de Ciências Gerenciais de Manhuaçu e relacionar o mesmo ao gênero destes alunos. , a maior parte dos acadêmicos (65%), de uma amostra de 155 alunos, estão com o peso adequado. Mas há um percentual (23%), aparentemente relevante, desses alunos com sobrepeso. observa-se 56% (n=35) das 63 mulheres entrevistadas estão com peso adequado e que 35 % (n=22) estão com sobrepeso. Setenta e um porcento (n=65) dos 92 homens que responderam ao questionário estão com peso adequado, para 15% (n=14) que estão com sobrepeso. Sendo assim, torna-se necessário dar uma atenção especial aos casos que apresentam IMC nas faixas do sobrepeso e, principalmente aqueles que se encontram na obesidade.

Texto completo:

PDF

Referências


FRANÇA-SANTO, D; OLIVEIRA, A. J.; SALLES-COSTA, R.; LOPES, C. S.; SICHIERI, R. Diferenças de gênero e idade no apoio social e índice de massa corporal em adultos na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Brasil. Caderno de Saúde Pública, 2017; v. 33, n. 5.

GIGANTE DP, FRANÇA GV, SARDINHA LM, MELÉNDEZ GV. Variação temporal na prevalência do excesso de peso e obesidade em adultos: Brasil, 2006 a 2009. Rev Bras Epidemiol 2011; 14 Suppl 1:157-65.

KANTER R, CABALLERO B. Global gender disparities in obesity: a review. Adv Nutr 2012; 3:491-8. 6.

OZIER AD, KENDRICK OW, LEEPER JD, KNOL LL, PERKO M, BURNHAM J. Overweight and obesity are associated with emotion- and stressrelated eating as measured by the eating and appraisal due to emotions and stress questionnaire. J Am Diet Assoc 2008; 108:49-56.

SICHIERI R, MOURA EC. Análise multinível das variações no índice de massa corporal entre adultos, Brasil, 2006. Rev Saúde Pública 2009; 43 Suppl 2:90-7.

VEDANA EH, PERES MA, NEVES J, ROCHA GC, LONGO GZ. Prevalência de obesidade e fatores potencialmente causais em adultos em Região do Sul do Brasil. Arq Bras Endocrinol Metabol 2008; 52:1156-62.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Overweight and obesity. Geneva: World Health Organization; 2011. (Fact Sheet, 311).


Apontamentos

  • Não há apontamentos.