A INFLUÊNCIA DO MARKETING SENSORIAL NO PROCESSO DE DECISÃO DE COMPRA

Gisele Sebastiana da Silva, Reginaldo Adriano de Souza, José Carlos de Souza, Rita de Cássia Martins de Oliveira Ventura, Anandy Kassis de Faria Alvim-Hannas

Resumo


As novas ferramentas de Marketing vêm como um mecanismo de ajuda no conhecimento e na avaliação do comportamento do consumidor. O novo marketing busca priorizar os consumidores e tratá-los como a parte mais importante do processo de compra dos produtos, com isso as instituições desenvolvem novas ferramentas, como o marketing sensorial que utiliza os cinco sentidos humanos: visão, audição, tato, paladar e olfato. O objetivo deste trabalho foi verificar quais ferramentas do marketing sensorial são trabalhadas por uma chocolateria e se os consumidores são influenciados pelas mesmas. Para isso, foi realizada uma pesquisa descritiva de caráter quantitativo, sendo aplicado questionário para 68 consumidores da empresa objeto de estudo. Verificou-se que o marketing sensorial é trabalhado na loja com os cinco sentidos e que os consumidores reconhecem esse trabalho, no entanto ainda existe a possibilidade de um maior consumo advindo desta estratégia.


Texto completo:

PDF

Referências


BERTUCCI, J. L. O. Metodologia básica para elaboração de trabalhos de conclusão de cursos (TTC): Ênfase na elaboração de TCC de pós graduação Lato Sensu. São Paulo: Atlas, 2015.

CAMARGO, P. NEOROMARKETING. Decodificando a mente do consumidor. Lisboa: IPAM, 2009. Disponível em: < https://books.google.com.br/books?id=jNzPRBVffGEC&printsec=frontcover&hl=ptBR#v=onepage&q&f

=false >. Acesso em: 09 set. 2016.

CHURCHILL, G. A. e PETER, J. Paul. Marketing: criando valor para os clientes. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2007.

COBRA, M. Marketing Básico: Uma Abordagem Brasileira. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1997. FERREL, O. C.; HARTLINE, M. D. Estratégia de Marketing. São Paulo: Atlas, 2005.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2008.

KARSAKLIAN, E. Comportamento do consumidor. São Paulo: Atlas, 2004.

KOTLER, P. Administração de Marketing. A edição do novo milênio. São Paulo: Prentice Hall, 2000.

LEVINE, D. M.; BERENSON, M. L.; STEPHAN, D. Estatística: Teoria e Aplicações. Rio de Janeiro: LTC, 2000

MARTINS, J. S. A natureza emocional da marca. Construção de empresas ricas. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

MELLO, F. B. de. Você já ouviu falar em marketing sensorial? Disponível em:< http://www.administradores.com.br/entrevistas/marketing/voce-ja-ouviu-falar-em-marketing- sensorial/8/>. Acesso em 10 Ago. 2016.

OLIVEIRA, M. R.; BRAGA, N. P. Os cinco sentidos no marketing: A importância dos estímulos multissensoriais para despertar a emoção e gerar inclusão social. Disponível em: < http://portalintercom.org.br/anais/sudeste2013/resumos/R38-0514-1.pdf>. Acesso em 01 set. 2016.

RICHARDSON, R. J., et al. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 2011.

SARQUIS, B. A. et al. Marketing sensorial na comunicação de marca: um ensaio teórico. Disponível em: < http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/RBGI/article/view/3614/2136>. Acesso em: 01 set. 2016.

SCHIFFMAN, L. G; KANUK, L. L. Comportamento do consumidor. Rio de Janeiro: LTC, 2000.

TAVARES, M. C. A força da marca: como construir e manter marcas fortes. São Paulo: Harbra, 1998.

TAVARES, M. C. Gestão de marcas: construindo marcas de valor. São Paulo: Harbra, 2008.

VIDAL, S. H.; WOLFF, L. Marketing sensorial olfativo: uma ferramenta de aumento da percepção de valor e fidelização de marca. Disponível em:

. Acesso em 01 set. 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.