MARKETING ELEITORAL: QUAIS VARIÁVEIS PODEM AFETAR O COMPORTAMENTO DO ELEITOR UNIVERSITÁRIO

Leonardo José Fernandes de Abreu, Fernanda Franklin Seixas Arakaki, Andréia Almeida Mendes

Resumo


Baseia-se o presente artigo no “Modelo de Domínios Cognitivos” proposto por Newman e Shelth (1985). Objetivou-se identificar como o eleitor forma sua preferência de voto nos pleitos eleitorais, observando os critérios que o fazem optar por este ou aquele candidato. O eleitor pesquisado foi o universitário, parcela considerável do eleitorado do país, buscando entender quais fatores inerentes ao candidato influenciam o eleitor a dar-lhe seu voto. Realizou-se, portanto, uma pesquisa quantitativa com uma amostra de 300 eleitores universitários aplicando um questionário com 32 afirmações. Viu-se, a partir dos dados coletados, que questões como fatores emocionais, questões políticas e a imagem que o candidato transmite são fatores determinantes que afetam o comportamento do eleitor universitário. Além disso, percebeu-se que o eleitor universitário se considera criterioso na sua decisão.

Texto completo:

PDF

Referências


BAINES, Paul R.; EGAN, John. Marketing and political campaigning: mutually exclusive or exclusively mutual? Qualitative Market Research, v. 4, n. 1, p. 25-34, 2001.

BARROS, Denise Franca; SAURBRONN, João Felipe Rammelt; AYROSA, Eduardo André Teixeira. Representações do eleitor: revendo teorias e propondo novos caminhos. Rap. Rio de Janeiro 46(2): 477-91, mar./abr. 2012.

BEN-UR, J.; NEWMAN, B. I. A marketing poll: an innovative approach to prediction, explanation and strategy. European Journal of Marketing. v. 44, n. 3, p. 515-538, 2010.

BUSSE, Ronald. Marketing Channel Integration: A Review of Current Debates. Advances in Management, v. 8, n. 5, p. 13, 2015.

CHATTERJEE, Arnab; MITROVIĆ, Marija; FORTUNATO, Santo. Universality in voting behavior: an empirical analysis. Scientific reports, v. 3, 2013.

CUKIERMAN, Alex; LIVIATAN, Nissan. Optimal accommodation by strong policymakers under incomplete information. Journal of Monetary Economics, v. 27, n. 1, p. 99-127, 1991.

CWALINA, W.; FALKOWSKI, A.; NEWMAN, B; VERČIČ, D.. Models of Voter Behavior in Traditional and Evolving Democracies. Journal of Political Marketing, v. 3, No. 2, pp. 7-30, 2004.

FARRAG, D. A. R.; SHAMMA, H. Factors influencing voting intentions for Egyptianparliament elections 2011. Journal of Islamic Marketing .v. 5, n. 1, p. 49-70, 2014.

GREGOR, Miloš et al. Electoral campaigns and marketing strategy – the case study of Karel Schwarzenberg’s campaign. Czech Journal of Social Sciences, Business and Economics, v. 3, n. 4, p. 24-31, 2014.

KINZO, Maria D’Alva. Os partidos no eleitorado: percepções públicas e laços partidários no Brasil.

Revista Brasileira de Ciências Sociais. v. 20 Nº. 57, fev. 2005.

HOEGG, Jo Andrea; LEWIS, Michael V. The impact of candidate appearance and advertising strategies on election results. Journal of Marketing Research, v. 48, n. 5, p. 895-909, 2011.

LLOYD, J.. Keeping both the baby and the bathwater: scoping a new model of political marketing communication. International Review on Public and Nonprofit Marketing. v. 6, p.119–135, 2009.

MANIN, B. As metamorfoses do governo representativo. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 29, ano 10, p. 5-34, out. 1995.

MISCHE, Ann. De estudantes a cidadãos redes de jovens e participação política. n. 6, 1997.

MONTEIRO, R. A. P.; CASTRO, L. R. A.. Concepção de cidadania como conjunto de direitos e sua implicação para a cidadania de crianças e jovens. In: Psicologia Política. v. 8, n. 16, p. 27-284, 2008.

MOURA, Marieli Bottega; GAGLIARDI, André. A comunicação digital como estratégia de organização no protagonismo juvenil da política brasileira. Revista Interdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 3, n. 1, 2015.

NEWMAN, Bruce I.; SHELTH, Jagdish N. A model of primary voter behavior. Journal of Consumer Research, p. 178-187, 1985.

NIELSEN, Sigge Winther. Three faces of political marketing strategy. Journal of Public Affairs. v. 12, n. 4, pp 293–302, 2012.

OLIVEIRA, Vinicius Quintino De. Do marketing comercial ao marketing eleitoral: atributos dos candidatos na percepção de eleitores brasileiros e norte-americanos. Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas Em Contabilidade, Economia E Finanças – FUCAPE, 2015.

ORMROD, R. P. Defining political marketing. In: R. P. ORMROD, H. O. S. (ed.) Political Marketing: Theories and Concepts.Londres: Sage Publications, 2012.

O’SHAUGNNESSY, Nicholas. The marketing of political marketing. European Journal of Marketing, v. 35, n. 9/10, p. 1047-1057, 2001.

PIKE, Steven; PAGE, Stephen J. Destination marketing organizations and destination marketing: a narrative analysis of the literature. Tourism Management, v. 41, p. 202-227, 2014.

PRAÇA, Sergio. Informação e responsabilidade eleitoral. Comunicação, Mídia & Consumo, v. 2, n. 3, p. 87-108, 2005.

QUARESMA, Carla Michele Andrade. Marketing eleitoral e partidos políticos. In: IV Congresso Com Politica. Anais, Rio de Janeiro, PUC, 2011.

RAHMANI, Kamaleddin; EMAMISALEH, Korosh; YADEGARI, Reza. Quality function deployment and new product development with a focus on marketing mix 4P model. Asian Journal of Research in Marketing, v. 4, n. 2, p. 98-108, 2015.

RIBEIRO, Pedro José Floriano. Campanhas eleitorais em sociedades midiáticas: articulando e revisando conceitos. Rev. Sociol. Polít., Curitiba, 22, p. 25-43, jun. 2004.

SILVA, Érika Ronqueti Terra. O comportamento do eleitor na escolha do candidato. In: 14th International Congress Of Iapnm (International Association On Public And Non-Profit Marketing). Anais, Vitória: IAPNM, 2015.

SINCLAIR, J. Andrew, ALVAREZ, R. Michael; LEVIN, Ines. Making Voting Easier Convenience Voting in the 2008 Presidential Election. Political Research Quarterly, v. 65, n. 2, p. 248-262, 2012.

SHAMA, A. The marketing of political candidates. Journal of the Academy of Marketing Science, Vol. 4 Nº4, p. 767-77, 1976.

STEFANO, Moisés Barel. O marketing eleitoral e a ABCOP: história e profissionalização da comunicação política no Brasil. VI Politicom. Conferência Brasileira de Comunicação e Marketing Político, realizado nos dias 08 e 09 de outubro de 2007, na Faculdade Comunitária de Santa Bárbara d.Oeste. Grupo de Trabalho: Propaganda Política. temas gerais. Disponível em:< http://encipecom.metodista.br/mediawiki/images/e/e5/Moises_Stefano.artigo.pdf>

WERNER, Maikon Marcelo Ferreira; REIS, Clóvis. Do Marketing ao Político: Um estudo sobre as estratégias e ferramentas da comunicação no processo eleitoral. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação X Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul

– Blumenau – 28 a 30 de maio de 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.