FGTS: IDENTIFICAÇÃO DO NIVEL DE CONHECIMENTO E UTILIZAÇÃO DO FUNDO DE GARANTIA POR TEMPO DE SERVIÇO PELO TRABALHADOR

Deuzeni Ferreira da Cruz Busato, Mônica de Oliveira Costa, Farana de Oliveira Mariano, Alex Santiago Leite, Weven da Silva Viana da Fonseca Feitosa

Resumo


O presente artigo tem como finalidade analisar o nível de conhecimento e utilização do FGTS como direito adquirido e sua influência como diferencial na vida do trabalhador ou seus dependentes. A importância dessa pesquisa, parte do entendimento do FGTS como direito adquirido do trabalhador pela sua funcionalidade para os quais esses valores podem ser disponibilizados ao empregado, além da expectativa do empregado em relação à melhoria de vida a partir desse fundo. E para atendimento ao objetivo proposto foi utilizada a pesquisa bibliográfica, e também a pesquisa descritiva através da aplicação de questionários a um grupo de 50 (cinquenta) trabalhadores entre 18 (dezoito) e 70 (setenta) anos que configuram o conjunto universo dessa pesquisa. Com a análise dos resultados notamos que 56% dos trabalhadores pesquisados entendem a diferença que os valores referentes ao FGTS podem fazer em sua vida e de sua família, sendo que o restante não acredita ou não conhece. Com isso, com a análise dos resultados da pesquisa realizada através dos gráficos, percebe-se que a destinação do FGTS ainda não é conhecida para um grande grupo entre os trabalhadores pesquisados, porém a maioria acredita que como direito influenciam na vida do trabalhador e/ou seus dependentes, mesmo ignorando as condições para retirada ou como pode ser investido.


Texto completo:

PDF

Referências


BARROSO, Luís Roberto. Curso de direito constitucional contemporâneo: os conceitos fundamentais e a construção do novo modelo. 2. Ed., 2. tiragem. São Paulo: Saraiva, 2011.

BEIJATO JUNIOR, Roberto. FGTS: Uma questão de política ou de direito? Revista do direito trabalhista. Brasília, v. 20, n. 11, p. 26-29, nov. 2014, p. 26-27.

BRASIL. Consolidação das Leis do Trabalho. Decreto-Lei nº 5.452, publicada em 01 de maio de 1943. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil/Decreto-Lei/Del5452.htm. Acesso em 18 de fevereiro de 2017.

____. DECRETO-LEI Nº 2.291, DE 21 DE NOVEMBRO DE 1986.. Extingue o

Banco Nacional da Habitação - BNH, e dá outras Providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del2291.htm. Acesso em 20 de março de 2017.

____. Lei nº 8.036, de 11 de maio de 1990. Dispõe sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8036consol.htm. Acesso em 20 de fevereiro de 2017.

____. Constituição dos Estados Unidos do Brasil.(Carta Magna) Promulgada em 18 de setembro de 1946. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao46.htm. Acesso em 20 de fevereiro de 2017.

_____.Constituição da República Federativa do Brasil. Promulgada em 5 de outubro de 1988 e suas emendas. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm. Acesso em 20 de fevereiro de 2017.

_____. Fazendo Justiça: A história do FGTS. 2009. Disponível em: http://www.caixa.gov.br/Downloads/fgts-relatorios-acoes-resultados-fgts/Livro40Anos_F.pdf. Acesso em 22 de fevereiro de 2017.

FERNANDES, Luciane Alves; GOMES, José Mário Matsumura. Relatórios de pesquisa nas ciências sociais: características e modalidades de investigação. Contexto, Porto Alegre, v. 3, n. 4, 1º semestre 2003. Disponível em:

. Acesso em 21 de mar 2017.

FGTS. Relatório Anual 2010. Disponível em: . Acesso em: 28 abril de 2017.

GARCIA, Gustavo Filipe Barbosa. Manual de direito do Trabalho. Rio de Janeiro: Forense; São Paulo: Método, 2010. Disponível em : http://www.avm.edu.br/docpdf/monografias_publicadas/K220661.pdf

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002. Disponível em:

LIMA, Marcelo de Oliveira; ROCHA, Jamile Tavares da. A tríplice dimensão da natureza jurídica do FGTS e suas implicações nos acordos individuais no âmbito da justiça do trabalho. Disponível em: http://www.uni7setembro.edu.br/recursos/imagens/File/direito/ic/v_encontro/atriplicedimensaod anaturezajuridica.pdf. Acesso em: 22 de fevereiro de 2017.

MARCA, Edmo Lima de. Notas sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. 1ª ed. Rio de Janeiro-RJ: Editado pela Secretaria de Divulgação do BNH 1972.

MARTINS, Sérgio Pinto. Manual do FGTS. 3ª ed. São Paulo-SP: Atlas, 2006. NASCIMENTO, Amauri Mascaro. Direito do trabalho na constituição de 1988. São Paulo: Saraiva, 1989, p. 92.

OLIVEIRA. Marcelo Ricardo Barros de. O FGTS como benefício e direito do trabalhador. Monografia apresentada a Universidade Candido Mendes para conclusão de especialização em Processo do Trabalhador. 2012. Disponível em: http://www.avm.edu.br/docpdf/monografias_publicadas/K220661.pdf. Acesso em: 22 de fevereiro de 2017.

TABORDA, Felipe. FGTS E O REGIME PRESCRICIONAL: uma análise socioeconômica acerca do novo posicionamento do STF. Monografia apresentada no Curso de Graduação em Direito, do Setor de Ciências Jurídicas, da Universidade Federal do Paraná. CURITIBA 2015. Disponível em: http://acervodigital.ufpr.br/bitstream/handle/1884/42565/149.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 18 de março 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.