UM ESTUDO EMPÍRICO SOBRE A APLICABILIDADE DO CPC PME NO MUNICÍPIO DE MANHUAÇU – MINAS GERAIS

Alessandra dos Santos Dutra, Cristiane Soares do Nascimento, Gislene Nascimento dos Santos, Mayure Cristina de Souza Oliveira, Messias Júnior Tanez da Silva, Fabrício Afonso de Souza

Resumo


O presente estudo teve por objetivo investigar a percepção dos graduandos do curso de Ciências Contábeis da Faculdade de Ciências Gerencias de Manhuaçu (FACIG) e profissionais da área contábil sobre a aplicabilidade do Comitê de Pronunciamentos Contábeis para as Pequenas e Médias Empresas – CPC PME, no Município de Manhuaçu – Minas Gerais.  Foi aplicado um questionário composto por três componentes: a caracterização dos respondentes, conhecimentos gerais e conhecimentos específicos, destinado aos discentes do curso de ciências contábeis e posteriormente aos profissionais contábeis do município de Manhuaçu, atingindo 144 respondentes.  O levantamento de dados deu-se por meio do survey, no qual o tratamento dos dados teve por base a análise estatística através da frequência relativa. Como conclusão desse estudo, observou-se que, mesmo com a predominância de empresas de pequeno e médio porte no Município, a aderência ao pronunciamento contábil até o período analisado foi pouco expressiva, devido a sua complexidade, em que os respondentes julgaram necessitar de mais tempo para se prepararem para este novo cenário econômico e desacreditam de sua total implementação.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, F. L. et. al. Uma análise dos escritórios de contabilidade sobre a necessidade de aplicação das IFRS para Pequenas e Médias Empresas. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro, v. 8, n. 3, set/dez, 2013.

AMORIM, O. M. Contabilidade para pequenas e médias empresas: um estudo sobre o conhecimento e aplicação do CPC PME pelos contadores da cidade do Natal/RN. Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Ciências curso de Ciências Contábeis. 2013.

BARBOSA, E.T.; ARAUJO, V. S.; MORAIS, E. F. A percepção dos discentes e docentes de uma IES publica acerca da importância do estudo da história da contabilidade para o desenvolvimento da Ciência Contábil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CONTABILIDADE, 18, 2008, Gramado/RS. Anais... Gramado: 2008.

BARRETO, L. Micro e Pequenas empresas. Disponível em: < http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ufs/mt/noticias/micro-e-pequenas-empresas-geram-27-do-pib-do-brasil,ad0fc70646467410VgnVCM2000003c74010aRCRD>. Acesso em 25 de outubro de 2016.

BEUREN, Ilse Maria. Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: teoria e prática. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

BRASIL. Congresso Nacional. Constituição Federal da República Federativa do Brasil, 1988. Disponível em: . Acesso em 25 de outubro de 2016.

BRASIL. Congresso Nacional. Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006. Institui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte; altera dispositivos das Leis no8.212 e 8.213, ambas de 24 de julho de 1991, da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, da Lei no 10.189, de 14 de fevereiro de 2001, da Lei Complementar no 63, de 11 de janeiro de 1990; e revoga as Leis no 9.317, de 5 de dezembro de 1996, e 9.841, de 5 de outubro de 1999. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/LCP/Lcp123.htm>. Acesso em 25 de outubro de 2016.

BRASIL. Congresso Nacional. Lei Complementar nº155 de 27 de outubro de 2016. Altera a Lei Complementar no 123, de 14 de dezembro de 2006, para reorganizar e simplificar a metodologia de apuração do imposto devido por optantes pelo Simples Nacional; altera as Leis nos 9.613, de 3 de março de 1998, 12.512, de 14 de outubro de 2011, e 7.998, de 11 de janeiro de 1990; e revoga dispositivo da Lei no 8.212, de 24 de julho de 1991. Disponível em . Acesso em 17 de novembro de 2016.

BRASIL. Congresso Nacional. Lei nº 10.406 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Disponível em: . Acesso em 25 de outubro de 2016.

BRASIL. Congresso Nacional. Lei nº 11.638 de 28 de dezembro de 2007. Altera e revoga dispositivos da Lei no 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e da Lei no 6.385, de 7 de dezembro de 1976, e estende às sociedades de grande porte disposições relativas à elaboração e divulgação de demonstrações financeiras. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/lei/l11638.htm>. Acesso em 25 de outubro de 2016.

BRASIL. Conselho Federal de Contabilidade. Comitê de Pronunciamento de Contábeis, 2007. Disponível em: < http://www.cpc.org.br/CPC>. Acesso em 25 de outubro de 2016.

BRASIL. Conselho Federal de Contabilidade. Comitê Pronunciamentos Contábeis. Pronunciamento técnico PME. Contabilidade para pequenas e médias empresas. 2009. Disponível em: http://static.cpc.mediagroup.com.br/Documentos/392_CPC_PMEeGlossario_R1.pdf>. Acesso em 01 de outubro de 2016.

BRASIL. Conselho Federal de Contabilidade. Norma Brasileira de Contabilidade Interpretações Técnicas Gerais 1000. Disponível em: . Acesso em 25 de outubro de 2016.

BRASIL. Conselho Federal de Contabilidade. Resolução Conselho Federal de Contabilidade nº 1.255 de 2009. Disponível em: http://www.manualdocontador.com.br/uploads/997Resolucao_1255_Proc_Contabeis_Peq_e_Medias_empresas.pdf>. Acesso em 25 de outubro de 2016.

BRASIL. Conselho Federal de Contabilidade. Resolução Conselho Federal de Contabilidade nº 1.055 de 2005. Cria o comitê de pronunciamentos contábeis - (CPC), e dá outras providências. Disponível em: < http://www.valdecicontabilidade.cnt.br/contabilistas/NORMAS/Res1055.htm>. Acesso em 25 de outubro de 2016.

CARAMORI, Renan; RAMOS, Fernando Maciel. A visão dos profissionais contábeis de Santa Catarina sobre as novas normas contábeis. Revista de Divulgação Científica. n. 2, v. 18, dez 2011.

CERQUEIRA, J. F.; OLIVEIRA, W. P.; AZEVEDO, T. C. Socialização da informação contábil para os microempresários: um estudo das microempresas instaladas no Centro Histórico de Salvador. In: 17° Congresso Brasileiro de Contabilidade, 2004, Santos. Resumos … Brasília: Conselho Federal de Contabilidade, 2004. 160 p.

FABIANO, D. O nível de comparabilidade contábil dos países do BRIC. 2012. 127 f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Faculdade de Gestão e Negócios, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia (MG), 2012.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GRECCO, M. M. P. et al. Percepção dos profissionais brasileiros com relação ao processo de convergência às normas internacionais. Revista Enfoque: reflexão contábil, n. 3, v. 32, 2013. Disponível em: . Acesso em: 25 de outubro de 2016.

LOPES, B. D. et. al. Desafio do profissional contábil na aplicação do CPC PME nas PME’S da cidade de Manhuaçu. Congresso Virtual de Brasileiro de Administração – 2016.

MAROLLI, Gisele. Desenvolvimento local: um estudo baseado na importância das micro e pequenas empresas no município de Pitanga/PR. 2011. Dissertação de Mestrado em Desenvolvimento Regional – Universidade do Contestado, Canoinhas.

MARTINS, G. A. Manual para elaboração de monografias e dissertações. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

MARTINS, O. S; CUNHA, A. S. L.; GARCIA, I. A. S. Um estudo perceptivo sobre a aplicação do CPC para pequenas e médias empresas no estado da Paraíba. Registro Contábil - Ufal. Maceió/AL. Vol. 4, nº 3, pag. 19-38, set/dez, 2013.

MAZZIONI, S. et. al. A percepção dos bacharéis em Ciências Contábeis sobre a adoção do CPC PME. Encontro de Estudos sobre Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas. Passo Fundo/RS, 16 a 18 de março, 2016.

MELLO, Carlos (Org.). Métodos quantitativos: pesquisa, levantamento ou survey. Aula 09 da disciplina de metodologia de pesquisa na UNIFEI. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2013.

PRADO, T. A. R. et. al. A utilização do pronunciamento do CPC para as pequenas e médias empresas: um estudo nas cidades de Araguari, Uberaba e Uberlândia – MG. Disponível em: < http://sistema.semead.com.br/14semead/resultado/trabalhosPDF/149.pdf>. Acesso em 25 de outubro de 2016.

SANTOS, A. R. dos. Metodologia científica: a construção do conhecimento. 6ed. Revisada (conforme NBR 14724:2002). – Rio de Janeiro: DP&A, 2006.

SEBRAE/MT. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Mato Grosso. Disponível em: . Acesso em 25 de outubro de 2016.

SEBRAE/SP. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo. Disponível em: . Acesso em 25 de outubro de 2016.

SILVA, C. A. V. da. Redes de cooperação de micro e pequenas empresas: um estudo das atividades de logística no setor metalúrgico de Sertãozinho – SP. 199f. Dissertação (Mestrado em Engenharia) – Universidade de São Paulo, Escola de Engenharia de São Carlos, 2004.

WEFFORT, E. F. J. O Brasil e a harmonização contábil internacional: influências dos sistemas jurídico e educacional, da cultura e do mercado. São Paulo: Atlas, 2005.

YOSHITAKE, M. et. al. O papel do contador como consultor nas micro e pequenas empresas. Universidade Cidade de São Paulo - UNICID, 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.