CORPO SOCIAL E AS RELAÇÕES DE CUIDADO

Lívia Mol Fraga Melo, Ana Luiza Veloso Lima, Anna Carla Silveira Rodrigues, Tatiana Vasques C. dos Santos

Resumo


Diversas são as concepções de corpo, para entendê-lo, aspectos muito além da mera biologia devem ser abordados sendo a importância desse entendimento fundamental para relações humanas, principalmente quando se fala em profissionais da saúde e pacientes. Objetivou-se refletir sobre as concepções de corpos na antropologia e a sua relação no cuidado e assistência à saúde. O trabalho foi realizado a partir de uma revisão de literatura sobre o corpo social e as relações de cuidado e a partir daí realizou-se a construção de um texto coletivo. Considera-se que o corpo nunca é encontrado em seu estado natural, já que até mesmo o modo de pensar do indivíduo é influenciado, e ao longo do tempo essa influência faz com que o corpo se torne um fenômeno cultural, único. A partir disso, o grande desafio dos profissionais da saúde, é o reconhecimento desta concepção e a partir dela adequarem-se a cada tipo de paciente, pois só através de um relacionamento contratualista, o profissional conseguirá a adesão de seus pacientes ao tratamento, e para tanto, faz-se necessário o entendimento do corpo, não meramente biológico, mas aquele construído na sociedade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.