BREVE INTRODUÇÃO AO GIRO DECOLONIAL: PODER, SABER E SER

Camila Klen de Oliveira

Resumo


O presente artigo busca de uma maneira holística mostrar uma vertente teórica que vem crescendo na América Latina nos últimos vintes anos, denominada giro decolonial – descolonial. O intuito é ressaltar a trajetória e constituição histórica como uma das linhas de teoria do campo das humanidades trazidas à tona pelo Grupo Modernidade/Colonialidade (M/C),  traçar um paralelo entre essa corrente e a pós-colonial, verificar seus conceitos chaves tais quais: transcendência do eurocentrismo; desobediência epistêmica; modernidade/colonialidade/colonialismo; alteridade do eixo sul; fronteiras de pensamento; interculturalidade e pluri-versidade. Além da exposição teórica, busca-se refletir se essas – que por serem baseadas na diferença não podem ser sintetizadas de forma clara  - já estão sendo colocadas em prática ou ser pertencem ao campo da utopia. Por último, visa elucidar e abrir o debate para os campos da história e da pedagogia na constituição de seus suportes teóricos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.