O MAU USO DA INFORMAÇÃO: COMO NOS PROTEGER DE MÁS INTENÇÕES

Bruna Coelho Temer, Andréia Almeida Mendes, Luciana Rocha Cardoso

Resumo


A popularização da computação e da Internet é apontada por uma série de analistas de segurança internacional como um espaço no qual certa periculosidade colocaria em risco sistemas dos Estados nacionais. A partir disso, o espaço virtual das redes de computadores vem sendo progressivamente militarizado. O fundamento para essa militarização baseia-se na teoria em que o mundo virtual viria a ser o novo aspecto da guerra, guerra que viria a ser centrada na preocupação de elaboração de ataques a infraestruturas inimigas e, ao mesmo tempo, preocupar-se-ia com a necessidade de proteção dos ativos nacionais virtuais de valor estratégico. Esse princípio definido pelo nome “guerra cibernética”, é desprovido de uma base técnica sólida e sugere uma insegurança artificial cuidadosamente fabricada e difundida para a segurança na internet.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.