HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL: SUAS ORIGENS E PRINCIPAIS PROBLEMAS ENFRENTADOS – O CASO DO LOTEAMENTO CAMPESTRE EM MANHUMIRIM

Raphaela Millen da Silveira Tavares, Paula Mayra Sangy Catheringer, Izadora Cristina Correa Silva

Resumo


A habitação social no Brasil passou por um caminho longo e difícil para chegar nos moldes atuais, consequência de um modo de governo onde políticas públicas não são prioridade. O artigo irá relatar as origens da moradia social brasileira desde seus primórdios, com o êxodo rural decorrente da industrialização brasileira, até as primeiras intervenções do Estado, principalmente a partir de 1930 com o governo de Vargas. Também exemplificará os problemas enfrentados pelos atuais conjuntos habitacionais brasileiros, tendo como destaque a implantação fora do limite da cidade e a falta de infraestrutura básica. Frente a isso, há um estudo de caso do Loteamento Campestre, localizado na cidade de Manhumirim, Minas Gerais, onde foram analisados os pontos negativos e positivos do local, que em muito se assemelham às outras moradias desse tipo no país, constatando que o mesmo foi criado sob um momento crítico na cidade de Manhumirim, e instalado em perímetro urbano estendido, somente com infraestrutura básica e sem documentação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.