USO CONTÍNUO DE ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS EM IDOSOS E A INSUFIÊNCIA RENAL AGUDA

Renata Cristina Taveira Azevedo, Raquel Maria Martins, Jânua Coely Andrade Souza, Fátima Flaviana de Brito Peixoto, Ramon Godinho Peixoto, Thaís Siqueira Fernandes, Gustavo Henrique de Melo da Silva

Resumo


Os anti-inflamatórios são mundialmente os medicamentos mais receitados, devido sua atividade de sanar problemas como dor e febre. Este estudo objetivou analisar os possíveis prejuízos causados pelo uso continuo de anti-inflamatórios não esteroidais (AINE’s), que são os mais consumidos de forma geral, pela população idosa, que devido sua fisiologia necessitam de maior cuidado no uso de drogas. Trata-se de uma revisão narrativa de artigos publicados em revistas especializadas. A pesquisa mostra um real comprometimento da estrutura e função renal, causada pelo uso continuo e inadequado desses medicamentos. Os resultados demonstraram como e porque os AINE’s desenvolvem quadros de insuficiência renal aguda, que se não tratados evolui para danos severos sobre os rins e demais órgãos.


Texto completo:

PDF

Referências


ARRAIS, P. S. D.; BARRETO, M. L.; COELHO, H. L. Aspectos dos processos de prescrição e dispensação de medicamentos na percepção do paciente: estudo de base populacional em Fortaleza, Ceará, Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 23, n. 4, 2007

BATLOUNI, M. Anti-inflamatórios não esteroides: Efeitos cardiovasculares, cérebro vasculares e renais. Arq. Bras. Cardiol., São Paulo , v. 94, n. 4, p. 556-563, abr. 2010

BRICKS, L. F.; SILVA, C. A. A. Recomendações para o uso de anti-inflamatórios não hormonais em pediatria. Pediatria, São Paulo, v.27, n.2, p.114-25, 2005

CARVALHO, W. A. Antiinflamatórios Não Esteroides, Analgésicos, Antipiréticos e Drogas Utilizadas na Tratamento da Gota. In: SILVA, Penildo. Farmacologia. 8. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, cap. 45, p. 439-466, 2010

CHUN L.J. et al. Acetaminophen hepatotoxicity and acute liver failure. J Clin Gastroenterol. V. 43, n. 4, pag. 342-9, 2009

DUTRA, M. C. et al. Avaliação da função renal em idosos: um estudo de base populacional. J. Bras. Nefrol., São Paulo , v. 36, n. 3, p. 297-303, Sept. 2014 .

ENCISO, E.; ARROYO, J.. Efecto antiinflamatorio y antioxidante de los flavonoides de las hojas de Jungia rugosa Less (matico de puna) en un modelo experimental en ratas. An. Fac. med., Lima, v. 72, n. 4, 2011.

GUYTON, A.C., HALL, J.E Tratado de Fisiologia Médica 12. Ed. Rj . Guanabara Koogan, 2011

KELLUM J. A. et al. KDIGO Clinical Practice Guideline for Acute Kidney Injury 2012. Internacional Supplements, v. 2. 1-138, 2012

MANSO, M. G.; BIFFI, E. C. A. Prescrição inadequada de medicamentos a idosos portadores de doenças crônicas em um plano de saúde no município de São Paulo, Brasil. Rev. bras. geriatr. gerontol., Rio de Janeiro , v. 18, n. 1, p. 151-164, 2015

MARQUITO, A. B. et al. Interações medicamentosas potenciais em pacientes com doenca renal cronica. J. Bras. Nefrol., São Paulo, v. 36, n. 1, p. 26-34, 2014

MAZER M.; PERRONE, J. Acetaminophen-induced nephrotoxicity: pathophysiology, clinical manifestations and management. J MedToxicol.4(1):2-6, 2008

NAIDOO, S.; MEYERS, A. M. Drugs and the kidney.S Afr. Med. J. vol 7; 105 (4),2005

RUIZ J.A. Metodologia científica: guia para eficiência nos estudos. São Paulo (SP): Atlas; 1992.

SAKATA, R. K.; NUNES, M. H. G. Uso de analgésicos em pacientes com insuficiência renal. Rev. dor, São Paulo , v. 15, n. 3, p. 224-229, Sept. 2014.

WEIR M.R. Renal effects of nonselective NSAIDs and coxibs. Cleve Clin J Med;69 Suppl 1,2002

WONG F.; et al. New consensus definition of acute kidney injury accurately predicts 30-day mortality in patients with cirrhosis and infection. Gastroenterology.v. 145, n. 6, pag. 1280-8, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.