EMPREGO DE LAJES NERVURADAS EM MANHUAÇU - MG

Samuel Souza, Erick Oliveira, Lincoln Silva, Marcos Silva, Maria Oliveira, Philipe Paiva, Stefhany França, Tauana Batista

Resumo


O presente artigo estudou a viabilidade da utilização de lajes nervuradas em Manhuaçu, Minas Gerais. Para explicar o processo construtivo, realizou-se um estudo de caso de uma obra situada em Manhuaçu/MG. Foram apresentados os procedimentos de montagem encontrados na obra, o quantitativo de materiais gastos e a mão de obra encontrada na região. Também foram estudadas as evoluções da laje nervurada, seu acréscimo para a construção civil, sua origem, a cotação dos materiais necessários para execução e a economia gerada pela adoção do método, provinda da reutilização e da redução de materiais. Com enfoque no custo-benefício e visando o seu potencial perante o mercado, que busca agilidade e preços baixos, concluiu-se então que devido a oferta de mão de obra e fornecedores, o sistema estrutural é viável para a região de Manhuaçu - MG.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, L.M. Fundamentos do concreto e projeto de edifícios. São Carlos. 2005.

ANDRADE, J.R.L. Estrutura correntes de Concreto Armado – Parte 1. São Carlos, EESC – USP, 1977. Disponível em: . Acesso em: 18 agosto de 2018.

CARVALHO, R. C; PINHEIRO, L, M. Cálculo e detalhamento de estruturas usais de concreto armado. São Paulo: V.2,Pini, 2009.

CHUST, R.C. Cálculo e Detalhamento de Estruturas Usuais de Concreto Armado. São Carlos. V.3, Pag. 64-65. 2013.

Da Redação. Revista Veja, 2018. Disponível em: . Acesso em: 19 de agosto de 2018.

IBGE. Panorama da cidade de Manhuaçu, Minas Gerais, 2018. Disponível em: . Acesso em 18 de outubro de 2018

PINHEIRO, L. M. Fundamentos do concreto e projeto de edifícios. São Carlos. 2005. Disponível em: . Acesso em: 19 de agosto de 2018.

SCHWETZ, P. F. Análise teórico-experimental de uma laje nervurada em um modelo reduzido sujeita a um carregamento linear. Porto Alegre – RS, UFRS, 2005.

SELISTRE, S. L. C. Análise teórico-experimental de uma laje nervurada de microconcreto armado submetida a um carregamento uniformemente distribuído. Porto Alegre – RS, UFRS, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.