HISTÓRICO DE CRESCIMENTO E ANÁLISE MORFOLÓGICA DA SEDE DO MUNICÍPIO DE MANHUAÇU - MG

Lidiane Espindula

Resumo


A morfologia urbana estuda as formas da cidade, desde a sua origem, como se organizam seus espaços e elementos e qual a relação deles com o planejamento. Dessa maneira, por meio de estudos bibliográficos, imagens de mapas aéreos e desenvolvimento de pesquisas in loco, a presente pesquisa apresenta um estudo do histórico de crescimento e análise da morfologia urbana da Sede do Município de Manhuaçu (MG) e a relação que esse tem com os usos do solo, mobilidade, entre outros. Observou-se que o crescimento desordenado e ausência de zoneamento e índices urbanísticos resultaram na descontinuidade das vias e em quarteirões irregulares, além da concentração de usos em áreas centrais e na criação de novas áreas urbanas distantes dessas, afetando diretamente no desenvolvimento urbano do município.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Código Florestal Brasileiro. (Lei n° 4.771 de 1965, Atualizada em 06 de Janeiro de 2001 e em 25 de Maio de 2012). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2012/Lei/L12651.htm. Acesso em 18 ago. 2018.

GOMES, Luana de Oliveira; ESPINDULA, Lidiane. Como as cidades habitam os rios: o caso do Rio Manhuaçu/MG. In: XIX Encontro Latino Americano de Iniciação Científica, XV Encontro Latino Americano de Pós-Graduação e V Encontro de Iniciação à Docência, 2015, São José dos Campos. Anais..., São José dos Campos, 2011. CD ROM.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades@. Disponível em: . Acesso em 18 ago. 2018.

LAMAS, José Manuel Ressano Garcia. Morfologia urbana e desenho da cidade. sl: Fundação Calouste Gulbenkian, 1993.

MANHUAÇU. Lei nº. 001, de 25 de julho de 2017. Secretaria Municipal de Planejamento/PMM, Manhuaçu, 2017.

SANTOS, Flávio Mateus dos. República do Silêncio. 3ed. Editora Caratinga, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.