META ANÁLISE: UM ESTUDO SOBRE AS PUBLICAÇÕES DE MARKETING DE RELACIONAMENTO NA ÚLTIMA DÉCADA

Nilceleia Rubia Vitor de Oliveira, Kethaly Ferreira da Silva, Altamiro Lacerda de Almeida Junior

Resumo


Contemporaneamente muito se fala sobre o relacionamento com os clientes. Diversas empresas buscam melhorar suas práticas de marketing de relacionamento visando obter melhores resultados. A academia compreende quais as melhores práticas e quais as ferramentas podem de fato contribuir como diferencial competitivo para as organizações. O presente estudo enseja demonstrar um panorama das produções científicas sobre marketing de relacionamento publicados, em congressos e periódicos brasileiros, no período de 2007 a 2017. A pesquisa caracteriza-se por um estudo exploratório com uma abordagem qualitativa. Para alcançar os objetivos propostos, utilizou-se a pesquisa bibliográfica e a meta-análise. Os dados foram examinados pela técnica de análise de conteúdo. Entre os resultados apresenta-se um painel com dados das publicações, um gráfico com a quantidade de artigos por ano, análise do referencial teórico utilizado na elaboração dos estudos, análise das palavras-chave, análise da metodologia utilizada em cada artigo e das conclusões apresentadas. Verifica-se ao final deste estudo que a estratégia de marketing de relacionamento é positiva e pode proporcionar um diferencial competitivo para as organizações que a adotam.

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, L. (1977). Análise de Conteúdo. Lisboa, Portugal: Edições 70.

BICUDO, M. A. V. A pesquisa qualitativa olhada para além dos seus procedimentos. In: Bicudo, M. A. V. (org.). Pesquisa Qualitativa segundo a abordagem fenomenológica. São Paulo: Cortez Editora, 2011.

BOLDUAN, Wanderlei; KRAISCH, Everton Luis. Marketing direto: Ferramenta de captação e retenção de clientes, 2011. Disponível em: . Acesso em: 07 abr. 2018.

CERVO, Amado L.; BERVIAN, Pedro A. Metodologia Científica. 3. ed. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1983.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002

Al

GODOY, Arilda S. A pesquisa qualitativa e sua utilização em administração de empresas. Revista de Administração de Empresas, v 35, n 4, p.65-71, jul/ago.1995

HUNTER, J.E.; SCHMIDT, F.L. Methods of MetaAnalysis: Correcting Error and Bias in Research Findings. 2nd. Beverly Hills, CA: Sage, 2004.

HEITMANN, M.; LEHMANN, D.; HERRMANN, A. Choice Goal Attainment and Decision and Consumption Satisfaction. Journal of MarketingResearch. V. 44, N. 2, pp. 234-250 2007.

KOTLER, P.; KELLER, K. L. Administração de marketing. 12. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.

KOTLER, Philip. Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1998.

KOTLER, Philip. Administração em Marketing. 10. ed. São Paulo: Novo Milênio, 2000.

KOTLER, Philip; KELLER, Kevin Lane. Administração de Marketing. Tradução de Sônia Midori Yamamoto. 14. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012.

OLIVEIRA, K. Fidelização de clientes: uma análise da satisfação dos clientes do Banco Safra. Balneário Camboriú, 2008. Disponível em: http://siaibib01.univali.br/pdf/Karen%20de%20Oliveira.pdf. Acesso em: 07 abr. 2018.

VERGARA, S. C. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. 6 ed. São Paulo: Editora Atlas, 2005.

ZIMMER, L. Qualitative meta-synthesis: a question of dialoguing with texts. Journal of Advanced Nursing, v. 53, n. 3, p. 311-318, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.