GESTÃO DE CARREIRAS: UM ESTUDO DE CASO COM ESTUDANTES E EGRESSOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA UEMG-UNIDADE CARANGOLA

Giovanna Marriele Leonel, Humberto Von Rondow Hubner Filho, Alba Shaylla Caetano Vieira, Altamiro Lacerda de Almeida Júnior, Ana Carolina Vitor Dutra Pimenta

Resumo


O universo do trabalho vem sofrendo modificações contínuas e com isso as carreiras também se alteraram, com mutações em seu conceito e na prática. Anteriormente a carreira dos indivíduos eram marcadas por características pragmáticas e diretamente ligada as instituições, na atualidade as carreiras passaram a ser pessoal e mutável de acordo com as vontades e necessidades dos indivíduos. A formação profissional dos indivíduos também sofreu modificações, a necessidade de obter habilidades e competências variadas para entrada e permanência no mercado nunca antes foram tão necessárias. O planejamento de carreira passou a ser peça chave na conquista de uma carreira bem-sucedida, traçar metas e meios pode facilitar na escalada para o sucesso. Assim, o presente estudo tem por objetivo estratificar o conhecimento de discentes e egressos do curso de administração da UEMG unidade Carangola sobre o planejamento de sua carreira. O estudo está dividido em etapas: revisão da literatura, procedimentos metodológicos, análises dos resultados e conclusões

Texto completo:

PDF

Referências


BALASSIANO, Moisés; VENTURA, Elvira Cruvinel Ferreira; FONTES FILHO, Joaquim Rubens. Carreiras e cidades: existiria um melhor lugar para se fazer carreira?. Rev. adm. contemp., Curitiba, v 8, n. 3. Set. 2004. Disponível em: . Acesso em: 02 set. 2018.

BAUMAN, Z. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001.

BOHLANDER, G.; SNELL, S.; SHERMAN; A. Administração de Recursos Humanos. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2003.

BORGES, M. HOPPEN, N.; LUCE, F. B. Information technology impact on market orientation in e-business. Journal of Business Research, v. 62, p. 883-890, 2009.

BRASIL. DECRETO Nº 4769, DE SETEMBRO DE 1965. Dispõe sobre o exercício da profissão de Técnico de Administração, e dá outras providências, Brasília, DF, set 1996. Disponível em: . Acesso em: 14 set. 2018.

BRASIL, V., FELIPE, C., NORA, M., FAVRETTO, R. Orientação profissional e planejamento de carreira para universitários. Cadernos Acadêmicos, 2012. 4(1), p. 117-131. Disponível em : de Acesso em: 01 set. 2018.

CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO (Brasil). 50 anos que fizeram história: jubileu de ouro: Sistema CFA/CRAs / Conselho Federal de Administração. – Brasília, DF, 2015. 2ª Edição. Disponível em: Acesso em: 18 set. 2018.

CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO. Disponível em . Acesso em: 15 out. 2018.

CHANLAT, Jean- Fraçois. Qual carreira é para qual sociedade? (I). Revista Administração de Empresas. São Paulo: FGV, Vol. 35, n. 6, nov/dez. 1995. Disponível em < http://www.scielo.br/pdf/rae/v35n6/a08v35n6.pdf> Acesso em: 05 ago. 2018.

DUTRA, J.S. Gestão do Desenvolvimento da Carreira por Competência. Um modelo avançado para Gerenciamento de Pessoas. São Paulo: Gente, 2001.

EISENHARDT, K. M. Building Theories from Case Study Research. The Academy of Management Review, v. 14, n. 4, p. 532-550, 1989.

FONTELLES, Mauro José, SIMÕES, Marilda Garcia, FARIA, Samantha Hasegawa e FONTELLES, Renata Garcia Simões. Metodologia da pesquisa científica: diretrizes para a elaboração de um protocolo de pesquisa. Goiás, 2009. Disponível em < https://cienciassaude.medicina.ufg.br/up/150/o/Anexo_C8_NONAME.pdf> Acesso em: 01 out. 2018.

GIDDENS, A. Modernidade e identidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2002.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social 5. Ed. São Paulo:Atlas,2006.

MARIOTTO, Fabio Luiz; ZANNI, Pedro Pinto; MORAES, Gustavo Hermínio Salati Marcondes de. What is the use of a single-case study in management research?. Rev. adm. empres., São Paulo, v. 54, n. 4, p. 358-369, Aug. 2014. Disponível em:. Acesso em: 18 out. 2018.

MARTINS, H. T. Gestão de carreiras na era do conhecimento: abordagem conceitual e resultados de pesquisa. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2001.

PROJETO PEDAGÓGICO: Curso de Administração Bacharelado. Universidade do Estado de Minas Gerais Campus de Carangola Faculdades Vale do Carangola. 2012.

RAMOS, Noézia Maria. Planejamento de carreira e currículo : estudo sobre a visão dos alunos do curso de Administração frente a gestão do ILES/ULBRA Itumbiara em relação à carreira proteana. Uberlândia: FAGEN, 2007. Disponível em : acesso em: 15 set. 2018.

SANTOS, H. T. M.. Gestão de carreiras na era do conhecimento. 1. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2001. v. 1. 204p. Disponível em: < https://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/.../gestao_carreiras.pdf > acesso em: 24 set.2018.

SILVA, Josélia Rita da. Processos pessoais de carreiras: uma análise com servidores públicos do Estado do Espírito Santo. Vitória: FUCAPE, 2010. Disponível em: < http://www.fucape.br/_public/producao_cientifica/8/Dissertacao%20Joselia%20Rita%20da%20Silva.pdf> Acesso em : 20 set 2018.

VERGARA, Sylvia C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 3.ed. Rio de Janeiro: Atlas, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.