FATORES QUE INFLUENCIAM OS EGRESSOS NA ESCOLHA PELOS CURSOS NA ÁREA DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS

Elisângela Freitas da Silva, Altamiro Lacerda de Almeida Júnior, Mayra Donadio da Silva, Mirella Peixoto Penha, Tayene Mara Dutra Ramiro, Marilia Costa Machado, Renato Santos da Silva

Resumo


A escolha profissional se caracteriza diante às influências do meio em que o indivíduo está inserido e alguns dos fatores mais relevantes são as condições sociais vivenciadas, a interferência familiar, o prestígio referente a profissão escolhida, a elevação do nível econômico, além de inúmeros outros fatores internos e externos. Contudo, estes fatores podem interferir consideravelmente na escolha dos jovens pela profissão, como as possibilidades de sucesso profissional, as conquistas e as alternativas de carreira.  O presente estudo teve como objetivo identificar os fatores que influenciam os egressos na escolha pelos cursos da área de ciências sociais aplicadas na Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG - Unidade Carangola. O universo desta pesquisa foi constituído por alunos egressos dos cursos de bacharelado em Administração, Serviço Social, Sistemas de Informação e Turismo, composto por alunos do 2º período. Foi aplicado um questionário individual com 28 questões fechadas subdivididas em três fatores: psicológicos, econômicos e sociais. Os resultados indicaram que os fatores de maior influência nas escolhas foram localização e acesso, facilidade de ingresso no mercado de trabalho e flexibilidade nas áreas de atuação como fator decisivo para a escolha.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Maria Elisa Grijó Guahyba de; PINHO, Luís Ventura de. Adolescência, família e escolhas: implicações na orientação profissional. Psicologia Clínica, Rio de Janeiro, v. 20, n.2, 2008.

BOMTEMPO, M. S.; SILVA, D.; FREIRE O. Motivos da escolha do curso de administração de empresas por meio da modelagem de equações estruturais. Pretexto 2012, V 13 no 3 Jul/Set. Belo Horizonte. Apud HEY, Ivo Ricardo et al Fatores que Influenciam na Escolha do Acadêmico pelo Curso de Ciências Contábeis: Um Estudo Quantitativo Aplicado aos Acadêmicos de uma Universidade Estadual do Paraná 2015.

BRAGA, M. M.; PEIXOTO, M. C. L.; BOGUTCHI, T. F. Tendências da demanda pelo ensino superior: estudo de caso da UFMG. Cadernos de Pesquisa, n. 113. 2001.

DICSIN. Dicionário de sinônimos: termo egresso. Disponível em: . Acesso em: 22 jul. 2017.

EHRENBERG, R.; SMITH, R. S. A moderna economia do trabalho: teoria e prática pública. São Paulo: Makron Books, 2000.

EHRENBERG, R. Econometric studies of higher education. Journal of Econometrics, n. 121, p. 19-37, 2004.

FERREIRA, Aurélio Buarque Hollanda de. Novo Aurélio século XXI: o dicionário da língua portuguesa. 3. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1999. Apud MICHELAN, L. S.; HARGER, C. A.; EHRHARDT, G.; MORÉ, R. P. O. Gestão de egressos em instituições de ensino superior: possibilidades e potencialidades. n: COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE GESTÃO UNIVERSITÁRIA NA AMÉRICA DO SUL, 9, 2009, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, 2009.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA – INEP. Resumo técnico: censo da educação superior de 2009. Brasília, 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 set. 2017.

KROM, M. Família e mitos, prevenção e terapia: resgatando histórias. São Paulo: Summus, 2000.

LEMOS, Caioá Geraiges. Adolescência escolha de profissão. 2002. Apud JORDANI, Paulo Sergio et al Fatores Determinantes na Escolha profissional: Um estudo com alunos concluintes do ensino médio da região Oeste de Santa Catarina 2014.

MELO, Sonia Maria Martins de. Orientação educacional: do consenso ao conflito. São Paulo: Editora Papirus, 1994.

MIRANDA, N. A.. A escolha do curso e as expectativas profissionais em relação ao mercado de trabalho, dos alunos do ensino superior noturno de Administração de Empresas em instituições particulares.2001. 153 p. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) – Fundação e Escola de Comércio Álvares Penteado – FECAP, São Paulo, 2001.

MYBURGH, J. E. An enpirical analysis of career choce factors that influence first year Accouting students at the University of Pretoria: a cros-racial study. Meditari Accountancy Reserarch, (S.I.), v. 13, n. 2, p 35-48, 2005. Apud HEY, Ivo Ricardo et al Fatores que Influenciam na Escolha do Acadêmico pelo Curso de Ciências Contábeis: Um Estudo Quantitativo Aplicado aos Acadêmicos de uma Universidade Estadual do Paraná 2015.

NÉRI, M. O Retorno da universidade. Conjuntura Econômica, Rio de Janeiro, v. 59, n. 11, p. 20-22, 2005.

NUNES, Vivian klanfer. Como os pais podem ajudar na escolha da profissão de seus filhos. Disponível em: . Acesso em: 26 agos. 2017.

Ó, Marco Aurélio Leal Alves do. Percepção de egressos de Curso Superior quanto a inserção no mercado de trabalho: estudo de caso de contabilistas formados pela Esmac- Ananindeua - Pará. Pedro Leopoldo: FPL, 2013. 91 p.

PENA, Mônica Diniz C. Acompanhamento de Egressos no Âmbito Educacional Brasileiro: análise da situação profissional de diplomados nos cursos de engenharia industrial - Engenharia - Elétrica e Mecânica – do CEFET/MG, no período de 1988 a 1994. 200. 1 SANTOS, Larissa Medeiro Marinho dos. O papel da família e dos pares na escolha profissional. Maringá: Psicologia em Estudo, 2005.

PINHEIRO, Raul Gomes. Fatores de escolha pelo curso de Ciências Contábeis: uma pesquisa com os graduandos na capital e Grande São Paulo. Fundação Escola de Comercio Alvares Penteado – FECAP, p.13, 2008

SOARES, Dulce Helena Penna; COSTA, Aline Bogoni. Aposentação aposentadoria para ação. 1ed. São Paulo: Editora Vetor, 2011.

TARTUCE, Gisela Lobo B. P. Alguns reflexos sobre a qualificação do trabalho a partir da sociologia francesa do pós-guerra. In: SGUISSARDI, Valdemar et al. Educação e Sociedade. Campinas. v. 25, n. 87, p. 353-382. Mai/ago 2004.

UVALDO, C. C. A relação homem-trabalho. Em A. M. Bock (Org.). A escolha profissional em questão. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1995. p. 215-237.

VASCONCELOS, Zandre Barbosa de; OLIVEIRA, Inalda Dubeux. Orientação Vocacional: alguns aspectos teóricos, técnicos e práticos. São Paulo: Vetor, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.