A OBESIDADE COMO UM FATOR DE IMPACTO E PROBLEMA NA SAÚDE PÚBLICA, E SEUS FATORES DE INFLUÊNCIA

Bianca Sthefany Barçante Santana, Cristina Maria Lobato Pires, Cinthia Mara de Oliveira Lobato Schuengue

Resumo


A obesidade é uma doença caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal em nível que compromete a saúde dos indivíduos, acarretando prejuízos tais como alterações metabólicas, dificuldades respiratórias e do aparelho locomotor. Atualmente, a obesidade tem sido considerada a mais importante desordem nutricional nos países desenvolvidos e em desenvolvimento, devido ao aumento da sua incidência. Várias explicações têm sido dadas para o aumento da prevalência da obesidade, sendo classificadas em três categorias: as que o atribuem às mudanças das características genéticas, as que o atribuem às condições ambientais e, finalmente, aquelas para as quais as mudanças se devem à interação de fatores genéticos e ambientais. Considerando os aspectos citado, o objetivo do presente estudo, é identificar por meio de uma revisão de literatura os fatores de influência e vulnerabilidade para determinada patologia, e qual o impacto da mesma na saúde pública. O mundo contemporâneo também possui relação com a obesidade, a rotina altamente desgastante e cada dia mais corrida, faz com que as pessoas tenham cada vez menos tempo para cuidar da saúde, e substituam refeições importantes por lanches rápidos e muitas vezes de baixo valor nutricional, ate mesmo entre crianças em adolescentes. Considerando isso, é de extrema importância que a obesidade seja estudada, a fim de descobrir seus fatores de risco e influência e formas de prevenção da cronicidade.

Texto completo:

PDF

Referências


BOCCATO, V. R. C. Metodologia da pesquisa bibliográfica na área odontológica e o artigo científico como forma de comunicação. Rev. Odontol. Univ. Cidade São Paulo, São Paulo, v. 18, n. 3, p. 265-274, 2006.

COUTINHO, Janine Giubert; GENTIL, Patricia Chaves; TORAL, Natacha. A desnutrição e obesidade no Brasil: o enfrentamento com base na agenda única da nutrição Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 24 Sup 2:S332-S340, 2008.

FERREIRA, Vanessa Alves; WANDERLEY, Emanuela Nogueira. Obesidade: uma perspectiva plural. Acesso em: 15.out.2018. Disponível em: https://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S141381232010000100024&script=sci_arttext.

MENDONÇA, Cristina Pinheiro; ANJOS, Luiz Antônio dos. Aspectos das práticas alimentares e da atividade física como determinantes do crescimento do sobrepeso/obesidade no Brasil. Acesso em: 10.out.2018. Disponível em: https://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S0102311X2004000300006&script=sci_arttext.

MONTEIRO, CA. Epidemia: obesidade já é o segundo maior fator de risco na cidade. Folha de São Paulo 2004

MONTEIRO, C. A. & CONDE, W. L. A., 1999. Tendência secular da obesidade segundo estratos sociais: Nordeste e Sudeste do Brasil, 1975-1989-1997. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia e Metabolismo, 43:186-194.

POPKIN, B. M., 2001. The nutrition transition and obesity in the developing world. Journal of Nutrition, 131:871S-873S.

PARIZZI, Marcia Rocha; LAMOUNIER, Joel Alves. Obesidade e saúde pública. Anjos LA. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2006.

PINHEIRO, Anelise Rízzolo de Oliveira; FREITAS, Sérgio Fernando Torres de; CORSO, Arlete Catarina Tittoni. Uma abordagem epidemiológica da obesidade. Revista de Nutrição, Campinas, v. 17, n. 4, p. 523-533, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.