PROJETO DE INTERVENÇÃO COLETIVA: PROPOSTA PARA FORMAÇÃO MÉDICA ATUAL

Lucas Nunes Meireles, Gabriela de Oliveira Carvalho, Rafaela Lima Camargo, Yolanda Schiavo Schettino de Oliveira Borges, Roberta Mendes von Randow, Tatiana Vasques Camelo dos Santos

Resumo


O presente artigo refere-se a um relato de experiência acerca de Projeto de Intervenção Coletiva realizado durante a disciplina de Políticas Públicas de Saúde em parceria com a disciplina de Saúde e Sociedade no primeiro período do Curso de Medicina da FACIG no ano de 2017. O cenário de atuação do grupo foi a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Matinha, localizada na cidade de Manhuaçu, região da Zona da Mata Mineira com uma população equivalente a 79.574 (IBGE, 2010). Foi realizado Diagnóstico Situacional com objetivo de conhecer os dados epidemiológicos, principais problemas e as principais necessidades de saúde da comunidade atendida pela unidade. A partir da análise dos dados encontrados, foi elaborado e executado em parceria com a equipe da Estratégia de Saúde da Família (ESF) projeto de Educação em Saúde. A estratégia de educação em Saúde foi realizada durante os meses de maio e junho de 2017, por meio de campanhas, palestras e distribuição de panfletos seguida de orientação coletiva e individual voltada para a prevenção das Doenças Respiratórias.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, Z. N. SUS: Sistema Único de Saúde- Antecendentes, percurso, perspectivas e desafios. 2ª edição. São Paulo: Editora Martinari, 2015.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, 1988. Disponível em: . Acesso em: 17 outubro de 2010.

BRASIL. Ministério da Saúde. Doenças respiratórias crônicas. Brasília: Ministério da Saúde, 2010. Disponível em < http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/doencas_respiratorias_cronicas.pdf> Acesso em: 18.mai.2017.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5ª ed. São Paulo: Editora Atlas, 2010.

GUSSO, G; LOPES, J. M. C. Tratado de medicina de família e comunidade: princípios, formação e prática. Porto Alegre: Artmed, 2012. 2 v.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: http://ibge.gov.br/cidadesat/painel/painel.php?lang=_ES&codmun=313940&search=minas-gerais|manhuacu|infograficos:-dados-gerais-do-municipio e

IV Seminário Científico da FACIG – 08 e 09 de Novembro de 2018

II Jornada de Iniciação Científica da FACIG – 08 e 09 de Novembro de 2018

Acesso em: 24.abr.2017.

MATTOS, M; VERONESI, C. L; JUNIOR, A. J. S. Enfermagem na educação em Saúde. 1ª edição. Curitiba: editora Prismas, 2013.

MENDES, E. V. Atenção Primária à Saúde no SUS. Fortaleza: Escola de Saúde Pública do Ceará, 2002.

MERHY, E. E. Um dos Grandes Desafios para os Gestores do SUS: apostar em novos modos de fabricar os modelos de atenção. In: Merhy et a.l, O Trabalho em Saúde: olhando e experienciando o SUS no cotidiano; São Paulo, Editora Hucitec, 2003. ISBN: 8527106140.

PAIM, J. S.; TEIXEIRA, C. F. Configuração institucional e gestão do Sistema Único de Saúde: problemas e desafios. Ciênc. saúde coletiva [online]. v.12, pp. 1819-1829, 2007. ISSN 1413-8123. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v12s0/05.pdf acesso em 16 de out 2010.

PAIM, J.; TRAVASSOS, C.; ALMEIDA, C.; BAHIA, L.; MACINKO, J. O sistema de saúde brasileiro: história, avanços e desafios. The Lancet. London, p.11-31, maio. 2011. Disponível em: http://download.thelancet.com/flatcontentassets/pdfs/brazil/brazilpor1.pdf. Acesso em: 12 de novembro de 2011.

PINELLI, J. A. et al. Plano Municipal de Saneamento Básico. 2014. Disponível em: Acesso em: 24.abr.2017.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANHUAÇU. Disponível em: e Acesso em: 24.abr.2017.

SCHWARTZ, D; GENTA, R. M.; CONNOR, D. H. Patologia Bases Clinicopatologicas da Medicina. 4ª edição, Guanabara Koogan, 2010.

SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE MANHUAÇU. Plano Municipal de Saúde de Manhuaçu 2014-2017. Manhuaçu, Minas Gerais, 2014.

STARFIELD, B. Atenção primária: equilíbrio entre a necessidade de saúde, serviços e tecnologias. Brasília: UNESCO, Ministério da saúde, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.